Cadastro do Ministério do Turismo vai incluir também centros de convenções

Se para alguns, férias, finais de semana e feriados prolongados são sinônimos de descanso e lazer, para o setor de turismo, essas datas se transformam em oportunidades de bons negócios. Dados da Fundação Getulio Vargas apontam que o faturamento do ramo em 2007 foi de R$ 34,1 bilhões, com crescimento de 14,8% em relação a 2006. Esses números são consequências de um fator: investimento.
Para contribuir com o processo de organização das empresas e profissionais do setor, o Ministério do Turismo desenvolveu o sistema de Cadastur (Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos, Guias de Turismo e Bacharéis em Turismo).
A ferramenta on line, que continha as informações dos meios de hospedagem, transportadoras turísticas, agências de turismo, organizadoras de eventos, parques temáticos, guias de turismo e bacharéis em Turismo, passará a integrar também, em breve, os restaurantes e os centros de convenções.
“Com a ampliação, pretendemos incluir todos os prestadores de serviços existentes da cadeia do turismo”, afirmou Ricardo Moesch, coordenador geral de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo.
De dezembro a julho deste ano, o número de cadastrados no Cadastur aumentou em 25% e alcançou a marca de 40 mil prestadores de serviço turísticos. Em breve, a quantidade deve crescer ainda mais, pois o projeto de lei do Turismo que está em tramitação na Câmara dos Deputados – já foi aprovada em primeira instância pela casa e pelo Senado – prevê que todos os prestadores de serviços do turismo participem do portal e dispõe sobre a Política Nacional de Turismo, define as atribuições do governo federal no planejamento, desenvolvimento e estímulo ao setor turístico. Os órgãos delegados de turismo nos estados estão sendo preparados para a grande demanda de cadastramento que será acarretada com a nova lei.

Aprimoramento de ferramentas

Outra novidade no Cadastur que entra no ar em breve é o aprimoramento das ferramentas de navegação do portal. “O site ficará mais leve e trará mais informações sobre os prestadores de serviços do setor. As mudanças pretendem facilitar o acesso para os turistas, que costumam planejar detalhadamente as suas viagens e passeios”, afirmou a diretora superintendente do Instituto Marca Brasil, Daniela Bitencourt.Trata-se de uma organização sem fins lucrativos focada na elaboração de pesquisas e no desenvolvimento de projetos que utilizam a tecnologia e a comunicação para o fortalecimento da Marca Brasil dentro e fora do Território Nacional.
E não são só os turistas que são beneficiados com o Cadastur. Os cadastrados recebem apoio para participação em programas, eventos, feiras e ações do Ministério do Turismo e até acesso a fontes oficiais de financiamento.
No mês de junho, as empresas cadastradas no portal participaram de rodadas de negócios no 3º Salão do Turismo, um evento que coloca na vitrine roteiros turísticos desenvolvidos segundo as diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil. “Por meio da comunicação direta que o sistema proporciona, os cadastrados têm a oportunidade de se manter atualizados com o que acontece no mercado”, acrescentou o secretário nacional de Políticas do Ministério de Turismo, Airton Pereira.
Ao ingressar no Cadastur, os interessados podem participar de três programas vinculados ao Ministério do Turismo: o Viaja Mais Melhor Idade, o Vai Brasil e o Portal de Hospedagem. O primeiro programa facilita a inclusão social e incentiva o interesse das pessoas acima de 60 anos, aposentados e pensionistas pelo turismo. Já o Vai Brasil é um site (www.vaibrasil.com.br) que oferece pacotes de viagem em períodos de baixa ocupação. E o Portal de Hospedagem (www.portaldehospedagem.com.br) é o guia on line mais completo e reúne de forma organizada e simples informações sobre os meios de hospedagem do Brasil.
Para que o cadastro seja concluído, os interessados devem pagar um valor de serviço de R$ 100 ou, no caso dos guias e bacharéis de Turismo, o valor é R$ 10. As empresas que renovarem até a data limite de vencimento pagarão R$ 60.

Reconhecimento mundial

O Cadastur foi o vencedor do Ulysses Awards, prêmio da OMT (Organização Mundial do Turismo), na categoria Governo – Inovação em Turismo.
Realizada em Madri, na Espanha, a premiação é concedida a projetos de instituições públicas, sem fins lucrativos e empresas turísticas em consideração à inovação e à aplicação do conhecimento na área.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email