Brinquedos, eletrônicos e roupas são destaque

Os segmentos com maior demanda durante o período natalino em Manaus são os de brinquedos, eletroeletrônicos e roupas – as novas tendências e os constantes lançamentos ajudam a impulsionar as vendas desses setores com um imenso público em potencial de variadas idades. A expectativa dos lojistas dos shoppings é a de superar as vendas do Natal do ano passado, que mesmo com a crise econômica mundial teve um desempenho favorável.
Os números de faturamento e de contratação de mão-de-obra para essa temporada variam de um segmento para outro. Entretanto, o objetivo geral é o de alavancar as vendas com ofertas diferenciadas e facilidades nas condições de pagamento. De acordo com o gerente da Iaco Lojas, Carlos Costa, o faturamento da empresa na temporada de fim de ano está sempre na faixa de R$ 60 mil. A expectativa é de que ocorra um crescimento de 90% nas vendas em comparação ao ano passado, quando a loja registrou um bom número na saída de mercadorias, mesmo com a crise financeira.
Para que o resultado continue positivo, a loja pretende investir em campanhas de marketing. “Temos várias estratégias para manter um bom índice nas vendas e também vamos ligar para os nossos clientes e avisá-los das promoções vindouras”, salientou. A Iaco comercializa roupas e acessórios masculinos voltados para as classes A e B.

Propaganda para os brinquedos

Para impulsionar e superar as vendas registradas com o Dia das Crianças, a Carrossel Brinquedos está apostando em campanhas de divulgação na mídia, além de buscar novidades no ramo de brinquedos para o Natal.
“O ideal é que nenhuma criança fique frustrada no Natal, então vamos fazer propaganda de todos os nossos produtos e promoções para que os pais possam aproveitar e comprar os presentes com as melhores formas de pagamento”, reforçou a gerente da loja, Mirian Maia. Segundo ela, as vendas do Natal desse ano devem ser de 5% a 6% maiores. O quadro funcional da empresa já foi reforçado com três pessoas ainda no mês de outubro.
Os produtos considerados como carro-chefe da loja para a temporada natalina 2009 são da linha Barbie e Bakugan e, conforme Mirian, o estoque está bastante reforçado e até o dia 15 de dezembro devem chegar novas mercadorias. A Carrossel Brinquedos também vai ajudar instituições de caridade. “Ao comprar os presentes, os consumidores também poderão ajudar o Gacc (Grupo de Apoio a Crianças com Câncer) e a Casa Vhida para fazermos um Natal mais solidário”, revelou a gerente.
Na Hobby Brinquedos a estimativa é de que sejam contratados de três a quatro funcionários durante as festas de fim de ano. De acordo com a assistente administrativa da loja, Fabiana Costa, as vendas de 2009 devem ser em torno de 30% maiores que às do ano passado. Ela disse acreditar que esse número pode ser alcançado por conta da variedade nos produtos e as facilidades de pagamento. Já a Ram­sons contratou um corpo de 50 funcionários. A expectativa é de que as vendas do período sejam 20% maiores e para que isso aconteça a loja vai lançar liquidações. “Estamos com campanhas de marketing bem agressivas para atrair e fidelizar os clientes, fazendo com que eles possam encontrar tudo aquilo que estiverem procurando”, informou o supervisor de vendas, Elyckel Assunção.

Eletroeletrônicos com estoque reforçado

A Ramsons também comercializa produtos para cama, mesa e banho em seu piso superior e está sempre buscando os lançamentos na área de eletroeletrônicos, tendo como carro-chefe máquinas fotográficas e televisores LCD. “Todos esses produtos vão estar em promoção com diversas formas de pagamento. E haverá várias novidades em todas as mercadorias nesse período, como nas máquinas fotográficas e nas TV’s”, completou Assunção.
Na Oliveira Magazine a previsão é de que as vendas de Natal desse ano sejam de 50% a 70% maiores no caso dos eletroeletrônicos. “Nesse período pós-crise, as mercadorias estão bem mais acessíveis aos consumidores, que sempre se preocupam em poupar dinheiro. O estoque já está sendo abastecido para atender a demanda”, comentou a gerente da loja, Síntia Neves.
De acordo com ela, os produtos mais vendidos durante o período natalino são câmeras fotográficas digitais, computadores e MP6, além de acessórios para adornos. Na AJL a perspectiva de crescimento nas vendas desse ano em relação a mesma temporada do ano passado está na mesma faixa de 50%. Segundo a supervisora da loja, Cassiane Alves, o estoque deve ser constantemente reforçado até o Natal.
“Temos cerca de 18 containeres para serem liberados, todos com produtos do segmento de informática”, afirmou. Os itens com maiores demandas durante a temporada são os notebooks e também os refrigeradores de ar. “Esses produtos estão bem equilibrados e a procura é ainda maior nesse período”, concluiu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email