Brasileiro ­divide poder na Renault

O diretor-presidente dos grupos Renault e Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, deixará a direção operacional da companhia francesa. A decisão foi anunciada na sexta-feira, 10, pela manhã, em Paris, e implica a divisão do poder no seio da maior montadora de ­veículos da França. O cargo será ocupado por Patrick Pelata, que passa a ser uma espécie de número dois na hierarquia da empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email