Brasil é o 122º melhor país para uma empresa realizar negócios

O Brasil permanece como um dos países mais difíceis do mundo para se fazer negócios, de acordo com relatório do Bird (Banco Mundial). O país caiu uma posição em relação ao ranking do ano passado e voltou a ser, entre 178 países, o 122º melhor para uma empresa fazer negócios -mesma posição que ocupou no levantamento de 2005.
A liderança é de Cingapura, seguida por Nova Zelândia e Estados Unidos. Na América Latina, o país só está melhor que Equador (128º), Bolívia (140º), Haiti (148º) e Venezuela (172º). Porto Rico, o mais bem colocado do continente, é o 28º, seguido por Chile (33º) e México (44º). A Argentina é a 109ª colocada.

O Brasil, por exemplo, continua a ser o lugar em que as companhias passam mais horas pagando tributos: são 2.600 horas por ano, ou mais de 108 dias. O segundo pior colocado é a Ucrânia, com 2.085 horas. Em Cingapura, a terceira melhor colocada, são 49 horas – pouco mais de dois dias.

Ainda assim, foi no quesito pagamento de tributos que o Brasil mais evoluiu no levantamento. Passou da posição 151, em 2006, para 137. Isso aconteceu porque o número de pagamento de tributos ao ano caiu de 23 para 11. Também houve queda na proporção entre tributos e o lucro da empresa, de 71,7% para 69,2%.
O levantamento mostra que um investidor demora 152 dias para abrir uma empresa no Brasil -em apenas seis países é preciso mais tempo para começar um negócio. Na Dinamarca, são necessários 6 dias para a mesma operação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email