Brasil é 14º país do ranking da economia de turismo do mundo

A informação faz parte do estudo da TSA (Conta Satélite do Turismo, na sigla em inglês), que visa quantificar os diversos aspectos de viagens e turismo dos países e traduzi-los em conceitos econômicos de produção, comparando-os com outras indústrias

Durante sua estada em Florianópolis (SC), onde participou de debate promovido pelo grupo RBS de Comunicação, o presidente do WTTC (Conselho Mundial de Viagem e Turismo, na sigla em inglês), Jean-Claude Baungartem, declarou que, com crescimento rápido e acima da média do setor, o Brasil é atualmente o 14º país no ranking da economia do turismo no mundo. Em 2007, o país ocupava o 18º lugar do ranking –que contempla 176 países.
A informação faz parte do estudo da TSA (Conta Satélite do Turismo, na sigla em inglês), que visa quantificar os diversos aspectos de viagens e turismo dos países e traduzi-los em conceitos econômicos de produção, comparando-os com outras indústrias dentro da economia. O estudo coloca ainda o Brasil como o país do mundo que cresce mais rápido no setor de turismo de negócios em 2008. “Estes números, muito positivos para o turismo brasileiro, refletem o bom momento que a economia do país vive globalmente”, avaliou a presidente da Embratur Jeanine Pires.
Os relatórios do TSA também apresentam recomendações do WTTC sobre políticas que poderão ajudar a beneficiar o mercado de viagens e turismo, garantindo, em longo prazo, o desenvolvimento sustentável e a disseminação dos benefícios em todos os níveis da economia do país.

Contribuição para o PIB

De acordo com o estudo, a contribuição do turismo para o Produto Interno Bruto do Brasil deverá aumentar de 6,2% (ou US$ 88,3 mil milhões) em 2008, para 6,3% (ou US$ 137.2 milhões) em 2018.
O número de postos de trabalho ligados ao setor deverá aumentar de 5,5 milhões de empregos em 2008 (5,9% do total) para 7,63 milhões de vagas (6,6% do total) até 2018. A Conta Satélite do Turismo mostra que um em cada 16,9 empregos é ligado ao setor enquanto em 2018 este número será de um em cada 15,2 empregos.
Estima-se, também, que a contribuição do turismo para a atividade econômica e de emprego no mundo continue aumentando ao longo dos próximos dez anos, numa média de 4% por ano durante os próximos dez anos. “São números que demonstram o nosso posicionamento no competitivo mercado turístico mundial e as oportunidades que se abrem para o Brasil nos próximos anos”, afirmou Jeanine Pires.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email