Brasil brilha no skate na noite do 14º dia de Olimpíada

Estreando como esporte olímpico nesta edição dos Jogos de Tóqui, o skate park levou três brasileiros para final das disputas por medalha na noite de ontem (40): Luiz Francisco, Pedro Quintas e Pedro Barros.

Quem conquistou a medalha foi o catarinense Pedro Barros (imagem de destaque), que ficou com a prata, com a nota de 86,14 pontos, logo na primeira tentativa, no Parque de Esportes Urbanos de Ariake. Luiz Francisco terminou em quarto, com 83,14 pontos, e Pedro Quintas, ficou em oitavo com 38,47.

Ginástica rítmica

Os Jogos de Tóquio estão chegando ao fim, mas ainda tem estreia pela frente. Nesta sexta-feira (6), a ginástica rítmica brasileira começa sua jornada rumo ao pódio inédito. A etapa qualificatória por equipes começa às 22h20 (horário de Brasília) na Ariake Arena, na capital japonesa. 

O quinteto brasileiro conta com Duda Arakaqui Beatriz Linhares, Déborah Medrado, Geovanna Santos e Nicole Pircio. A primeira meta é pontuar o suficiente para garantir a classificação à final, quando apenas as primeiras oito colocadas brigarão por medalhas. A final será no sábado (7), às 23h.

Equipe brasileira de ginástica rítmica – Foto: RICARDO BUFOLIN 2021/direitos reservados

Saltos ornamentais

O piauiense Kawan Figueiredo e o carioca Isaac de Souza são os últimos atletas da equipe nacional dos saltos ornamentais a estrear na Olimpíada. O primeiro desafio será passar pela etapa qualificatória a partir das 3h (horário de Brasília) desta sexta-feira (6).

Os brasileiros competem com outros 27 competidores, e apenas 18 deles seguirão à semifinal, programada para sábado (7), às 22h.  Os classificados brigam por medalhas na sequência, às 3h de domingo (8), dia de encerramento da Tóquio 2020.

Isaac de Souza estreia hoje nas Olimpíadas de Tóquio – Satiro Sodré/SSPress/CBDA/Direitos Reservados

Boxe

Beatriz Ferreira vai disputar ouro no domingo – Foto: Miriam Jeske/COB

Os baianos Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe na Olimpíada de Tóquio (Japão). Atual campeã mundial, a peso-leve brasileira avançou após vencer a finlandesa Mira Potkonen, na categoria até 60 quilos, por decisão unânime dos árbitros (5 a 0). Na disputa masculina, Conceição superou o atual campeão mundial Gleb Bakshi, do Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em inglês), por 4 a 1, também por decisão dos juízes. Ambos os duelos ocorreram na madrugada desta quinta-feira (5) na Arena Kokugikan, na capital japonesa.

A final feminina será às 2h (horário de Brasília) de domingo (8), dia do encerramento dos Jogos de Tóquio. Já a disputa pelo ouro na categoria masculina será no sábado (7), às 2h45 (horário de Brasília), contra o ucraniano Oleksandr Khyzhniak.

Canoagem

Isaquias Queiroz disputa hoje a classe C1 1000m individual- Foto: Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

O baiano Isaquias Queiroz tem a esperança de subir ao pódio na canoagem, classe C1 1000m individual. A luta por medalha começa às 21h52 (horário de Brasília), de hoje, no Canal Sea Forest, no centro de Tóquio. 

Além dele ser o atual campeão mundial da classe (2019), na Rio 2016 Isaquias se tornou o brasileiro que mais colocou medalha no peito na história em apenas uma edição dos Jogos. Na ocasião, levou duas medalhas de prata (C1 1000m e C2 1000m) e uma de bronze (C1 200m).

Fonte: Agência Brasil
Foto/Destaque: Lisi Niesner/Reuters

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email