Braga articula encontros com a presidente Dilma Rousseff

Líderes partidários do Senado se reunirão a cada 15 dias com a presidente Dilma Rousseff para tratar de temas em debate na Casa. Os encontros poderão ser coordenados também pelo vice-presidente Michel Temer e pela ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti. A informação foi repassada nesta terça-feira (6) pelo líder do governo, Eduardo Braga (PMDB/AM), após reuniões das lideranças ocorridas hoje com Dilma e com o presidente do Senado, Renan Calheiros.
“Houve repercussão muito positiva entre os líderes, um reconhecimento de que esse procedimento de estabelecer uma relação ampliada [com o governo federal] é salutar. E esperamos que, a cada 15 dias, possamos fazer uma reunião para tratar de temas específicos”, explicou o senador.
O líder do governo esclareceu que os presidentes de Comissões do Senado que tenham relação com o tema debatido também participarão das reuniões com a Presidência da República.

Mais médicos

Além da definição do procedimento para ampliar a interlocução com o governo, na reunião com a presidente Dilma Rousseff, os senadores trataram do Programa Mais Médicos, do governo federal. Uma Comissão Mista será instalada no Congresso para debater a medida provisória que trata sobre o programa.
Lançado em julho, o Mais Médicos pretende ampliar a presença desses profissionais em regiões carentes do interior dos Estados e nas periferias das grandes cidades.

Reforma política

Na reunião de lideranças com o presidente do Senado, realizada à tarde, definiu-se que os pontos de consenso dos senadores em torno da reforma política serão votados a partir da semana que vem.
“Aquilo em que há consenso, queremos votar na semana que vem, dando início a uma reforma política aqui no Senado, mais uma vez. Aquilo que não tem consenso, vamos começar a tramitar no Senado, mas não virá para o Plenário”,afirmou o senador.
Um dos pontos de consenso é a substituição de candidato considerado inelegível em um prazo mínimo pré-definido.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email