Bradesco tem nova linha para franquias

O Bradesco anunciou sua nova linha Cred Investimento Franquias, que terá prazo de financiamento de até 72 meses, para micro e pequenos empreendedores de unidades de franchising (franquias) e financia até 70% do plano econômico financeiro do empreendimento.
“A carência é de até seis meses, e a taxa de juros a partir de 1,89% ao mês, de acordo com o perfil de análise de crédito do tomador”, afirmou ao DCI o diretor do Departamento de Comercialização de Produtos e Serviços do Bradesco, João Carlos Gomes da Silva.
O diretor contou que no ano passado, o segmento de crédito e financiamento às franquias cresceu 60% no Bradesco. “A expectativa em 2014 é que essa nova linha cresça 3 vezes acima das demais linhas de pessoas jurídicas do banco. A inadimplência é próxima de zero”, justificou.
Silva ressaltou que o setor de franquias é profissional e dinâmico e cresceu 11,9% no ano passado. “Em 2014, a expectativa é que o setor de franquias deve crescer 10% em faturamento, 8% em número de redes e 10% em número de unidades e empregos. Hoje, o franchising reúne 2,7 mil redes de franqueadores, 114 mil unidades franqueadas, R$ 115 bilhões em faturamento e 1,1 milhão de empregos diretos”, descreveu.
Nas demais linhas de capital de giro do Bradesco para franquias, a taxa de juros oscila entre 1,89% ao mês e 2,10% ao mês. “Em geral, o prazo fica acima de 36 meses”. Na média apurada pelo Banco Central entre os dias 11 e 17 de março, a taxa de capital de giro às pessoas jurídicas clientes do Bradesco ficou em 2,08% ao mês para financiamentos acima de 365 dias, e em 2,19% ao mês para financiamentos abaixo de 365 dias.
“Nessa nova linha conseguimos uma taxa melhor ao franqueado, pois trabalhamos com o conceito de cadeia produtiva que funciona por meio de convênios com os franqueadores”, diz.
Silva explicou que nesse conceito de “cadeia produtiva”, o banco tem a possibilidade de oferecer outros serviços financeiros aos empreendedores como a antecipação de recebíveis e cartões de crédito, limites para cheque especial e conta garantida, linhas específicas BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), cartão BNDES, e o débito automático de royalties (comissões) para o franqueador.
“Além das soluções de pagamento e recebimento, essa plataforma também disponibiliza soluções de seguros e de previdência aos franqueados e seus funcionários”, afirma Silva.
O diretor lembrou que o Bradesco também possui financiamento para franquias pré-operacionais, em que o empreendedor vai começar no negócio, mas exige garantia de imóvel próprio.
“O prazo é de até 120 meses [10 anos] e financia até 50% do plano econômico financeiro do empreendimento. A garantia é a alienação fiduciária de imóvel”, disse.
Entre os novos produtos do banco no segmento, Silva citou a fiança aluguel durante o prazo de contrato de locação. “É um produto útil para o franqueado e para o dono do imóvel. Aceitamos como garantias bens móveis (veículos) e aplicações financeiras”, diz.
Segundo comunicado anterior da instituição, o Bradesco já havia ampliado em R$ 7 bilhões os limites de crédito pré-aprovado para as micros e pequenas empresas no início do último mês de fevereiro. Os recursos estão disponíveis para os clientes interessados em financiamento de capital de giro, antecipação de recebíveis, conta-garantida e cartão de crédito. “O volume adicional atenderá a demanda natural do segmento”, diz Altair Antônio de Souza, diretor- executivo do Bradesco.
O Bradesco tem hoje 1,4 milhão de clientes no segmento de micro e pequenas empresas, o que representa 92% do número de clientes pessoa jurídica. “No caso das franquias temos uma mesa de consultoria com 12 pessoas que cuida especificamente dos convênios”, concluiu Silva.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email