Bradesco lucra R$ 4,1 bi

O lucro do Bradesco, maior banco privado do país, no primeiro semestre deste ano foi de R$ 4,105 bilhões, o que representa um crescimento de 2,4% em relação aos ganhos obtidos no mesmo período do ano passado. O resultado acumulado de janeiro a junho de 2008 representa uma rentabilidade de 28,6% sobre o patrimônio líquido médio.
A carteira de crédito incluindo avais, fianças e cartões de crédito do Bradesco atingiu R$ 181,6 bilhões em junho, equivalente a uma expansão de 38,8% em relação a igual período do ano anterior. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 65,8bilhões (alta de 32,2%), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram R$ 115,7 bilhões (crescimento de 42,9%).
No segundo trimestre, o Bradesco apresentou um lucro líquido de R$ 2 bilhões e informou que não foi registrado nenhum efeito extraordinário aos resultados do período. Ante o lucro do mesmo período do ano passado, o resultado representa um aumento de 11,16%. Em relação ao resultado contábil, porém, há uma queda de 13,03%.
O lucro líquido dos primeiros seis meses do ano do Bradesco ficou em R$ 3,909 bilhões, o que representa uma alta de 11,5% na comparação com o mesmo período de 2007. Já o lucro contábil do Bradesco no acumulado de janeiro a junho deste ano foi de R$ 4,105 bilhões, equivalente a um crescimento de 2,4% em relação ao lucro de R$ 4,007 bilhões do mesmo período de 2007.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email