Bovespa fecha em alta de 1,42% com nova marca histórica

A Bolsa de Valores de São Paulo bateu novo recorde no pregão de ontem, a 39ª marca histórica somente neste ano. Em quase dez meses, a Bolsa acumula ganho de 42,89%, sustentada pela nova onda de otimismo global.
Nos EUA, as Bolsas também tiveram desempenho histórico: o índice Dow Jones, indicador que serve de referência para as principais Bolsas de Valores, subiu 0,86% e atingiu a marca dos 14.164 pontos.

O Ibovespa, que acompanha as ações mais negociadas, encerrou o dia em alta de 1,42%, aos 63.549 pontos. O volume financeiro foi de R$ 6,74 bilhões, e manteve o forte giro verificado nos primeiros pregões deste mês. A ata do Fomc, o equivalente americano do Copom, foi bem recebida por investidores e analistas, que viram no documento um reforço de suas expectativas para uma nova rodada de corte dos juros básicos nos EUA.

Expedito Araújo, operadora da corretora Alpes, aposta em um mercado cauteloso para os próximos dias. Ele lembra que, na sexta-feira, o governo americano divulga os indicadores econômicos mais importantes da semana, relativos à inflação e sobre expectativas de consumo. “E justamente nesse dia nós vamos estar fechados (por causa do feriado brasileiro). Além disso, há vencimentos de opções na segunda e na quarta-feira. Acho que o mercado está muito operando sob essa expectativa”, disse.
A fabricante de papel e celulose Aracruz abriu a temporada de balanços e anunciou lucro de R$ 260,9 milhões no terceiro trimestre do ano, número 6% inferior se comparado ao mesmo período em 2006. A ação preferencial classe B teve ganhos de 0,14%, a R$ 13,77.

A OHL Brasil, segunda maior empresa de concessão de rodovias, arrematou cinco lotes de trechos das rodovias federais leiloados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, na Bovespa. A ação ordinária desvalorizou 3,25%, sendo negociada a R$ 36.

As Bolsas em Nova York fecharam em alta, batendo novos recordes com a divulgação da ata da reunião de setembro do Federal Reserve. Os investidores viram no documento um sinal de que o banco poderá manter a política de cortar juros para reativar a economia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email