Em qualquer lista de brinquedos, bonecas não podem faltar. Companheiras na infância, seguem na recordação por toda a vida adulta. Talvez por isso o parintinense Messiahs Paulain, artista plástico, advogado, e um pouco de estilista, faça tanto sucesso com a arte/profissão que desenvolve há oito anos. Ele produz bonecas (e bonecos) com looks de VIPs e desde que começou a realizar esse trabalho, o mundo fechado das celebridades lhe abriu as portas.

“Coleciono bonecas Barbies há uns oito anos, desde quando tinha 22 anos. Não eram Barbies originais. Um dia resolvi copiar looks de pessoas anônimas, vestir as bonecas e postar nas minhas redes sociais, e muita gente passou a curtir. Foi quando meus amigos disseram que eu deveria fazer aquilo com o look de pessoas famosas”, lembrou.

Como todo parintinense, a arte corre no sangue de Messiahs. Sentindo esse pendor artístico, o rapaz frequentava, e frequenta, os galpões de Garantido e Caprichoso e isso fez com que ele se aprimorasse, observando o trabalho dos artistas dos bois.

“Eu uso a técnica da observação. Observo muito como eles fazem, e depois repito. Nunca trabalhei para os bois grandes, mas o pessoal que produz os bois em miniatura, para vender como artesanato, me envia esses boizinhos e eu faço arte com eles. Também personalizo bonecas como Sinhazinhas da Fazenda e vendo tudo durante o Festival”, disse.

Com o sucesso de suas publicações nas redes sociais, Messiahs resolveu ir mais além.      

“Em 2013, entrei em contato com a assessoria de Ivete Sangalo dizendo que queria dar de presente a ela uma boneca. Tudo acertado, quando ela veio a Manaus eu fiz a entrega. Daí para fazer o mesmo com outros artistas foi um passo, mas aí eu vi que dava para ganhar dinheiro com aquele hobby”, revelou.

Bonecas vs. leis

Grandes mestres da moda como Christian Dior, Coco Chanel, Donna Karan e Giorgio Armani vestiram bonecas, que se tornaram raridades. Não sendo um mestre da moda, Messiahs copia o look de VIPs e tem feito suas bonecas virarem raridades.

“Depois de Ivete Sangalo, vieram Joelma, Fátima Bernardes, Viviane Araújo, Anitta, Simone e Simaria, as locais Miss Amazonas Carolina Toledo, Miss Brasil Mayra Dias, Mazé Mourão, Baby Rizzato, Nejmi Aziz, Ruthiene Bindá, Sihame Cruz, Vivian Amorim, Lorena Simpson entre outras”, listou.

E homens também ganharam seus bonecos: Luan Santana, Neguinho da Beija-Flor, o modelo internacional Harry Louis, Paulo Gustavo e mesmo Pablo Vittar.

O antigo hobby se tornou uma poderosa fonte de renda para Messiahs tanto que, com o dinheiro das vendas das bonecas, e bonecos, ele pagou um curso de Direito e hoje é formado, mas nem pensa em trocar as bonecas pelas leis.

“Adquiro as bonecas em lojas de brinquedos e se o cliente quiser uma Barbie legítima, assim o será. Nas minhas viagens costumo visitar lojas, sempre em busca de bonecas que tenham um diferencial, que não sejam encontradas em lojas de Manaus. Então vou guardando em casa. Quando ela se enquadra nas características de um determinado cliente, a uso”, explicou.

“As bonecas negras, por exemplo, são mais caras para o cliente porque são muito difíceis de serem encontradas nas lojas”, acrescentou.     

Messiahs cuida tanto dos detalhes que até o tipo de cabelo, a cor e o penteado das bonecas recebem atenção especial.

“O cabelo é costurado fio a fio. Teve uma cliente, uma miss de outro estado, que queria a boneca dela com cabelo humano, então consegui com um amigo que é cabeleireiro”, falou.

Bonecas são eternas

Em apenas oito anos o hobby de Messiahs se transformou numa profissão que o alçou à fama e reconhecimento de sua arte. Em 2016 a CasaCor de Goiânia manteve a boneca da cantora Joelma como destaque num expositor. No ano seguinte o parintinense foi homenageado pela Secretaria de Cultura do Pará como ‘Personalidade Amazônica’ na categoria artista plástico. Nesse mesmo ano ele começou a produzir as Barbies Misses quando surgiu uma proposta inesperada.

“Me convidaram para ir a Curitiba, ser jurado no concurso da Miss Eco Paraná, pelo fato de eu ser da Amazônia. A partir desse evento, a empresa que organiza o evento me contratou e desde então eu tenho sido jurado do concurso”, contou.

“Não tenho ideia de quantos trabalhos já realizei nesses anos, mas calculo em mais de 300 bonecas e bonecos. Nunca parei para contar”, afirmou.

Os mais recentes boneca e boneco personalizados por Messiahs foram os de Sandy e Júnior, já em Manaus, foi a da pequena Raylla Araújo, cantora de Presidente Figueiredo que fez sucesso no The Voice Kids.

“As clientes ficam maravilhadas ao receber as bonecas personalizadas por mim. Por que, se muitas delas são pessoas que têm tudo na vida? Penso que seja porque bonecas são eternas na vida de uma mulher e elas jamais imaginaram ver uma vestida igualzinha a elas. Aquilo se transforma numa homenagem muito especial, principalmente para aquelas que recebem a boneca com a roupa de seu casamento, de seus 15 anos, de sua formatura”, concluiu.

Contatos com Messiahs, 9 9188-4914.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email