Bolsas sobem com previsões positivas após juros do Fed

As bolsas européias fecharam em alta no fim de semana. Os setores automobilístico e petrolífero impulsionaram os negócios, com as expectativas otimistas sobre o cenário futuro para o mercado acionário divulgadas pelos bancos Goldman Sachs, Morgan Stanley e ABN Amro.
A Bolsa de Londres subiu 0,43%, para 6.456,70 pontos; a Bolsa de Paris teve alta de 0,21%, indo para 5.700,65 pontos; a Bolsa de Frankfurt teve ganho de 0,77%, fechando com 7.794,43 pontos; a Bolsa de Milão fechou com variação positiva de 0,1% e 30.992 pontos; a Bolsa de Amsterdã subiu 0,41%, para 544,65 pontos; e a Bolsa de Madri teve alta de 0,20%, indo para 1.587,25 pontos.
“Continuamos a acreditar que uma posição acima da média é justificada, afirmamos com base nos sólidos balanços das empresas, na disposição dos bancos centrais de evitar uma crise de crédito, a solidez da economia global -fora os EUA- e o cenário positivo para lucros”, informou em nota o ABN.
O Morgan Stanley também informou que prevê uma alta expressiva no preço das ações, com a decisão do Federal Reserve (Fed, o BC americano) nesta semana de cortar sua taxa de juros em 0,5 ponto percentual, a expectativa do banco é que a economia tenha um novo estímulo, com o barateamento do crédito.
O Goldman Sachs destacou, por sua vez, o forte crescimento global, a valorização razoável e os balanços positivos das empresas como fatores que irão favorecer o mercado financeiro. Entre as ações do setor automobilístico os destaques foram os papéis da Fiat (+4,7%) e da Renault (+4,2%). Entre as petrolíferas os destaques foram a British Petroleum (+0,3%) e a Eni (+0,4%).

Resultado recorde

A Bolsa de Hong Kong fechou em alta, com valorização de 0,65% no índice Hang Seng, que ficou com 25.843,78 pontos, novo resultado final recorde.
Analistas esperam que o mercado de Hong Kong continue sua tendência de alta (o resultado foi o terceiro recorde consecutivo). Entre os destaques do dia estiveram as ações da PetroChina, que subiram 4,7%, com a notícia de que as autoridades reguladoras de mercado da China irão decidir sobre a negociação de papéis da empresa no mercado de Xangai.
A Bolsa de Xangai, no entanto, fechou em baixa de 0,3%, com 5.454,67 pontos, enquanto a Bolsa de Shenzhen caiu 0,5%, para 1.499,01 pontos no índice Shenzhen Composite. A Bolsa de Tóquio teve baixa de 0,62%, fechando com 16.312,61 pontos no índice Nikkei 225. Os investidores aproveitaram para realizar lucros antes do feriado de segunda-feira (24), em que o mercado financeiro do país ficará fechado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email