Bolsas sobem com mineradoras

As Bolsas européias fecharam em alta ontem, com o otimismo no mercado com as ações da Nestlé e as do setor de commodities, mas os indicadores econômicos americanos tiraram um pouco do ânimo dos investidores.
A Bolsa de Londres fechou em alta de 0,65%, com 5.932,20 pontos; a Bolsa de Paris teve alta de 0,96%, indo para 4.858,85 pontos; a Bolsa de Frankfurt teve ligeira variação positiva de 0,07%, fechando com 6.904,85 pontos; a Bolsa de Amsterdã teve alta de 1,44% e fechou com 453,14 pontos; a Bolsa de Milão subiu 0,31%, para 25.901 pontos; e a Bolsa de Zurique fechou em alta de 0,65%, indo para 5.932,20 pontos.
Os papéis da Nestlé subiram 3,5%, com o anúncio de que a empresa registrou um crescimento de 16% em seu lucro em 2007, na comparação com 2006. O crescimento em todas as suas divisões e o controle de gastos ofuscou o aumento dos custos das matérias-primas.
O lucro no ano passado foi de US$ 9,63 bilhões, contra US$ 8,36 bilhões um ano antes. A expectativa da Nestlé era de um crescimento de 5% a 6%.

Crise
de crédito

O diretor-financeiro, James Singh, disse que a Nestlé não seria diretamente afetada pela crise de crédito que tem atingido o mercado financeiro mundial. “Não temos exposição à atual crise de crédito, ou ao (mercado) “subprime’ (créditos de maior risco) ou mesmo a CDOs (“collateralized debt obligations”, títulos de dívida lastreados em outros ativos)”, afirmou.
O setor de mineração também subiu, com destaque para as ações da Vedanta Resources e da Xstrata.
Os indicadores americanos, no entanto, reduziram um pouco os ganhos nas Bolsas européias.
Ontem o Federal Reserve da Filadélfia (uma das 12 divisões regionais do BC americano) mostrou que a atividade no setor manufatureiro em sua região caiu mais que o esperado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email