Bolsas fecham em alta com ganhos entre os bancos e mineradoras

As Bolsas europeias fecharam em alta, com ganhos entre bancos e mineradoras. Os preços em alta dos metais favoreceram os ganhos entre as mineradoras, e o setor financeiro -em particular os bancos- refletiu a avaliação positiva do Bank of America Merrill Lynch Global Research sobre os bancos europeus.
A Bolsa de Londres subiu 2,26%, indo para 5.137,98 pontos no índice FTSE 100; a Bolsa de Paris subiu 2,59% no índice CAC 40, para 3.649,89 pontos; a Bolsa de Frankfurt ganhou 2,70% no índice DAX, para 5.657,64 pontos; a Bolsa de Madri fechou em alta de 2,31%, indo para 1.236,44 pontos no índice Madrid General; a Bolsa de Amsterdã fechou em alta de 2,68%, com 309,28 pontos no índice AEX General; e a Bolsa de Zurique fechou em alta de 1,85%, indo para 6.277,16 pontos no índice Swiss Market.
As ações da BHP Billiton subiram pelo 2° dia com a alta nos preços do cobre. O governo da Mongólia autorizou, após seis anos de negociações, um investimento estimado em US$ 4 bilhões da mineradora anglo-australiana Rio Tinto e da canadense Ivanhoe, para explorar o que pode ser uma das maiores minas de cobre do mundo. As reservas de Oyu Tolgoi, no deserto de Gobi, sul, têm capacidade estimada de produção de 450 mil toneladas de cobre anuais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email