Bolsas européias fecham em alta com petrolíferas, mineradoras e FED

As Bolsas européias fe-charam em alta na segunda-feira, com as ações das empresas petrolíferas e mine-radoras liderando os ganhos. Também influenciou o ânimo dos investidores a expectativa de que o Federal Reserve (Fed, o BC americano) corte sua taxa de juros na próxima quarta-feira.

A Bolsa de Londres avançou 1,97%, para 6.706 pontos; a Bolsa de Paris subiu 0,71%, para 5.836,19 pontos; a Bolsa de Frankfurt encerrou o dia em alta de 0,76% ficando com 8.009,67 pontos; a Bolsa de Milão subiu 0,37%, para 31.299 pontos; a Bolsa de Amsterdã teve alta de 0,67%, fechando com 550,85 pontos; e a Bolsa de Madri subiu 0,81%, para 1.709,56 pontos.

As ações de empresas no setor de commodities, em particular as mineradoras e as petrolíferas, têm se beneficiado dos altos preços, tanto do petróleo como de metais, como o ouro, além de atividades de fusão e aquisição. Ontem, o barril do petróleo bateu novo recorde, chegando ao terreno dos US$ 93 pela primeira vez.
As ações da British Petroleum subiram,8%; as da Shell subiram 0,5%; e as da Total, 1,1%.

Entre as mineradoras o destaque foi a oferta de compra, por US$ 2,8 bilhões, que a Xstrata apresentou à australiana Jubilee Mines. No setor, as ações da Kazakhmys subiram 3,5% e as da Anglo American, 3,2%.

Também subiram, desta vez no setor automobilístico, as ações da Renault (+3,8%); da Peugeot (+4,1%); e da Volkswagen (+3,2%).

A expectativa dos investidores é que o Fed corte mais uma vez sua taxa de juros, em ao menos 0,25 ponto percentual -no mês passado, o banco cortou a taxa em 0,5 ponto percentual, para 4,75%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email