Bolsas européias caem apesar de corte de juros do Federal Reserve

As Bolsas européias operam em baixa na quarta-feira. Apesar da redução de 0,75 ponto percentual na taxa de juros do Federal Reserve (BC americano) -medida que ficou dentro das expectativas de investidores e economistas-, os papéis do setor bancário na Europa ainda sentem o impacto do pessimismo em relação à crise de crédito nos Estados Unidos e que afeta os mercados mundiais.
Às 9h42 (em Brasília), a Bolsa de Paris tinha baixa de 0,51%, indo para 4.559,20 pontos; a Bolsa de Amsterdã caía 0,15%, para 426,86 pontos; e a Bolsa de Milão recuava 1,48%, para 23.575 pontos. A Bolsa de Zurique subiu 0,41%, para 7.042,92 pontos.
Pouco antes, às 9h28 (em Brasília), a Bolsa de Londres tinha baixa de 1%, indo para 5.549,70 pontos; e a de Frankfurt caía 0,89%, para 6.336,51 pontos.
Mesmo com o corte de juros do Fed, os investidores continuam a temer pela situação da economia americana. O Fed vem cortando a taxa de juros desde setembro do ano passado, mas as reduções não tiveram o efeito esperado sobre a economia, de estimular o consumo para evitar uma recessão.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email