10 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)
https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2019/2Sem/09Setembro/14/Fernando%20Magalhaes%20perfil.jpg
Se você busca maiores retornos do que a renda fixa, precisa conhecer a bolsa de valores

Se você busca maiores retornos do que a renda fixa, precisa conhecer a bolsa de valores! Não sabe o que é a bolsa de valores? Não sabe como surgiu ou para que serve? Nesse artigo eu pretendo lhe contar a história das bolsas de valores pelo mundo, explicando qual sua real função e como você pode utilizar esse mercado.

Imagine que você possui um comércio ao lado da sua casa e que você gostaria de expandir seu negócio, mas não possui capital para isso. Como você poderia conseguir dinheiro?

Basicamente existem duas formas de conseguir um investimento assim. Ou você pega um empréstimo no banco, que é a opção mais comum, ou você injeta capital na empresa. Mas se você não possui o dinheiro, como vai injetar capital na empresa? 

Aqui entra uma saída que muitas pessoas não veem: Atrair sócios. Com a entrada de mais uma pessoa no negócio, você consegue aumentar o capital da empresa sem precisar contrair dívidas. Você se livra dos juros! 

A bolsa de valores é exatamente para isso. Quando você compra uma ação, você se torna sócio da empresa. Então quando uma empresa emite novas ações ela está aumentando o próprio capital, sem precisar se endividar.

E essa ideia de montar um mercado organizado onde partes de empresas são negociadas não é nova. Dizem que essa ideia remonta ao collegium mercatorum da Roma antiga, mas foi num edifício de propriedade da família Van der Buerse, em Bruges, que um conjunto de pessoas influentes, como mercadores, armadores e agentes de câmbio se reuniam periodicamente para fazer operações financeiras entre si desde 1285. No mesmo lugar, em 1487 a palavra “bolsa” ganhou seu sentido comercial e financeiro. 

Então, em 1531 seria criada a bolsa de Antuérpia, também na Bélgica, que era baseada na negociação de empréstimos e é considerada a primeira bolsa de valores oficial. Mas, na verdade, as primeiras ações de que se tem notícia foram emitidas em 1602, na bolsa de Amsterdã, pela Companhia Holandesa das Índias Orientais, que na época monopolizava a colonização na Ásia, parece um bom investimento, não é?

No Brasil, a primeira bolsa de valores foi criada em 1817 em Salvador, e em 1820 foi inaugurada a bolsa de valores do Rio de Janeiro, ambas inativas. A atual bolsa de valores brasileira é a B3 – Brasil, Bolsa, Balcão, que surgiu após a fusão da BM&FBOVESPA com a CETIP.

Para ter acesso à B3 você só precisa abrir uma conta em uma corretora. O procedimento é todo online e não demora mais do que um dia útil, normalmente. Ao acessar o site da corretora, na parte de renda variável você poderá se tornar sócio das maiores empresas do Brasil!

Ano novo agitado! 2020 começou com incertezas no cenário global por conta do impasse entre Estados Unidos e Irã. A alta do índice do medo (VIX) causou desvalorizações nas bolsas mundo afora, inclusive resvalando no Brasil. Apesar do início turbulento, o cenário-base desse ano continua muito positivo!

*Fernando Henrique Magalhães é consultor financeiro, investidor, empresário e formando em Direito. Instagram: @Fernandaohm. Email: [email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email