Boi-bumbá Caprichoso é campeão do 50º Festival Folclórico de Parintins

O boi-bumbá Caprichoso é o campeão do 50º Festival Folclórico de Parintins, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, nos dias 26, 27 e 28 de junho, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Com o tema “Amazônia”, a associação folclórica das cores azul e branco conquistou seu 21º título da disputa com 1.254,3 pontos, contra 1.241,8 do boi-bumbá Garantido.

Antes do início da abertura dos envelopes com as notas, o presidente da comissão julgadora, Sandro Gama de Araújo, vindo do Estado de Alagoas, leu as impugnações apresentadas pelas duas agremiações. O boi-bumbá Garantido perdeu um ponto por problemas na identificação de um fiscal de arena, durante a apresentação do boi Caprichoso na primeira noite de festival. As duas agremiações apresentaram quatro impugnações, duas de cada lado, mas apenas uma foi deferida pela Comissão Julgadora, relativa aos fiscais na arena.

As notas da primeira noite do Festival Folclórico de Parintins foram contabilizadas, apesar da forte chuva que atingiu o município de Parintins na noite do dia 26 de junho, durante a apresentação oficial do Caprichoso. A decisão foi tomada pelo próprio presidente da agremiação, Joilto Azedo, ao desistir do pedido formulado na primeira noite (26), após a conclusão da apresentação do boi, no qual requeria a anulação das apresentações.

Vitória – Segundo o presidente do Caprichoso, Joilton Azedo, a vitória representa superação dos desafios, com base no tema deste ano sobre a Amazônia. “O Caprichoso demonstrou na arena que foi superior e se apresentou de uma maneira excelente, mesmo com chuva e desafios. E o resultado reflete o trabalho de toda equipe e da torcida do nosso boi. Há dois anos que esse título não vinha e fizemos um trabalho incansável, desde setembro do ano passado. E hoje é mais que merecida essa vitória”.

Investimentos – O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, promove o festival, que este ano recebeu recursos da ordem de R$ 9,6 milhões, destinados a investimento para as apresentações dos bumbás, operação e logística dos jurados, iluminação e sonorização do Bumbódromo, além de toda a infraestrutura, de segurança à saúde, entre outros.

Fotos: Roberto Carlos/Secom

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email