Quem não dançou ao som do Bee Gees na época da discoteca, não soube o que foi a época da discoteca! O movimento disco que estourou entre 1978 e 1979, no mundo todo, lançando nomes como Donna Summer, Tina Charles, Patrick Hernandez, Boney M, Barry White, Diana Ross, Frenéticas (no Brasil), entre tantos outros que tiveram suas músicas incessantemente tocadas nas rádios e discotecas, mas que não chegaram a deixar os nomes para a história.
O Bee Gees, formado por três irmãos ingleses (Barry, Robin e Maurice), que já fazia algum sucesso desde a década de 1960 (“Massachusetts”, de 1967, foi o seu primeiro grande sucesso, até hoje um ícone entre as românticas), entrou na onda da disco music e se Dona Summer ganhou o título de “rainha da disco”, eles conquistaram o de “reis”, não por acaso. Os mais de 220 milhões de discos vendidos em todo o planeta, além dos nove prêmios Grammy e um disco – “Saturday Night Fever” – entre os dez mais vendidos em todos os tempos, fizeram com que boa parte da crítica musical considerasse o Bee Gees a terceira maior banda da história pelo conjunto de sua obra (composições, produções e gravações), perdendo apenas para os Beatles e o Pink Floyd.
O filme “Os Embalos de Sábado à Noite”, de 1977, estrelado por John Travolta e Olivia Newton-John, e a trilha sonora com as músicas do Bee Gees, selaram o sucesso do grupo naquela década. “Stayin’ Alive”, “More Than a Woman”, “How Deep Is Your Love” e “Night Fever” alcançaram o primeiro lugar em vários países e até hoje continuam atuais.
Barry, Robin e Maurice Gibb conseguiram continuar no sucesso mesmo depois da era disco, sucesso somente abalado com a morte de Maurice, em 2003, e seu irmão gêmeo Robin, em 2012, só restando Barry que, aos 67 anos, em 2013, estrelou a turnê “Mithology”, com uma coletânea dos Bee Gees, acompanhado por seu filho, Steve, e a sobrinha Samantha, filha de Maurice.

BATE-BOLA
JC – Quando foi formado o Bee Gees Alive?
Júnior – Completamos 13 anos em novembro de 2013.

JC – Vocês são de onde e por que resolveram montar essa banda cover do Bee Gees?
Júnior – Somos de São Paulo e, na verdade, eu sempre gostei do grupo. Tocava as canções do Bee Gees quando ainda atuava sozinho pela noite paulistana. Após várias tentativas frustradas, encontrei com o Tony, que me trouxe o Guido, e assim foi dada a largada.

JC – É verdade que vocês são uma das três melhores covers do Bee Gees em todo o mundo?
Júnior – Sim, é verdade. Tudo começou com uma enquete e um concurso de bandas cover na net pelos fãs clubes do México e do Japão e no final, pra nossa surpresa, ficamos entre as três melhores.

JC – Fale um pouco em como será seu show em Manaus.
Júnior – Vai ser um misto do show “One Night Only” mesclado com músicas que pontuaram os 50 anos de carreira do Bee Gees. Já conhecemos Manaus e sabemos do bom gosto dos manauras, por isso faremos um show romântico e dançante, como nos velhos e bons tempos.

POR DENTRO – Uma das três melhores do mundo
Barry adiantou que a turné “Mithology” virá para a América, certamente para o Brasil, onde o grupo original nunca se apresentou, porém, em Manaus, quem quiser apenas curtir as músicas do Bee Gees, a chance acontecerá no próximo dia 15 de fevereiro, com o show do Bee Gees Alive, a primeira banda brasileira a interpretar a obra do grupo inglês. A qualidade do trabalho e a incrível semelhança das vozes de seus integrantes com as dos irmãos Gibb, fizeram com que o Bee Gees Alive fosse aclamada pela crítica internacional, como uma das três melhores bandas tributo ao Bee Gees em todo o mundo.
Em Manaus, a banda vai apresentar clássicos como “Massachusetts”, “Word”, “To Love Somebody”, “Stayin’Alive”, “More Than a Woman”, “I Started a Joke”, “Lonely Day”, “Night Fever”, “How Deep is your Love”, entre outros sucessos.
Enquanto os covers não chegam, de São Paulo, Júnior Santana, um dos integrantes doBee Gees Alive, falou com exclusividade ao Jornal do Commercio. Confira no Bate-bola!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email