Basf aponta soluções para doenças agrícolas

Produtividade é a palavra de ordem na agricultura moderna e os produtores não medem esforços para investir em ferramentas que melhorem o rendimento nas lavouras e tragam maior lucratividade. É justamente esse o tema principal do 40º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, que acontece entre os dias 13 e 17 de agosto, no Centro de eventos Araucária, em Maringá (PR).
A Basf, uma das principais empresas de defensivos agrícolas do país, estará presente no congresso, levando soluções para o combate e prevenção das principais doenças da soja, milho, café, batata e tomate, com destaque para a eficiência dos fungicidas Opera (soja e milho), Cantus (café) e também para o programa de aplicação Fator C2 (composto por Cabrio Top e Cantus para batata e tomate).
Disponível para os agricultores desde a safra 2002-2003, Opera é aplicado até hoje com sucesso contra as principais doenças da soja e milho. Sua eficiência foi avaliada com sucesso pela Basf, em mais de 2.500 ensaios, áreas demonstrativas e comerciais desde 2002.
É o fungicida mais reconhecido pelos produtores e, também, pelas principais instituições de pesquisa e universidades do país, que realizaram inúmeros trabalhos e emitiram laudos, comprovando os altos níveis de eficácia do produto no controle da ferrugem da soja.
Opera já tratou, desde a safra 2003, mais de 60 milhões de hectares de soja com resultados comprovados no campo. “Com ação sistêmica, o fungicida revolucionou as técnicas de controle das doenças que atacam a soja durante todo o ciclo da planta. Proporciona alta produtividade e maior rentabilidade por meio dos benefícios de AgCelenceÔ –marca mundial da Basf que identifica efeitos fisiológicos nas plantas– que tornam as plantas mais verdes, saudáveis, produtivas e tolerantes ao estresse”, afirmou Claudio G. de Oliveira, gerente de desenvolvimento de mercado da Basf.
Para a cultura do café, a Basf apresentará os benefícios do fungicida Cantus, produto de alta tecnologia que combate doenças do cafeeiro. Atua com eficácia no combate das Mancha de Phoma e Mancha de Ascochyta, duas das principais doenças do café no Brasil.
Seu modo de ação exclusivo faz com que ele atue em todos os estágios de desenvolvimento e reprodução do fungo como na germinação dos esporos, desenvolvimento e penetração dos tubos germinativos, crescimento micelial e esporulação.
O Cantus também proporciona maior qualidade do grão e da bebida, alorizando ainda mais o produto final.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email