Bares e restaurantes têm horário estendido a partir de segunda

Donos de bares e restaurantes venceram mais um round na luta para a ampliar o horário de funcionamento em Manaus. A partir da próxima segunda-feira (5), o segmento foi autorizado a funcionar das 6h às 23h, de segundo a sábado, com até 50% de ocupação, e das 7h às 16h, aos domingos.

É o que determina o novo decreto do governo do Amazonas anunciado, ontem, com ajustes nas medidas restritivas às atividades econômicas no Estado para o enfrentamento à Covid-19. Na segunda, o toque de recolher passa, agora, a ser de meia-noite às 6h. As mudanças valem por 15 dias.

Os flutuantes que funcionam como restaurantes vão poder abrir das 9h às 16h, sem música ao vivo e também com 50% de sua capacidade, de segunda a domingo. O delivery de restaurantes e lanchonetes continua operando durante 24h, mas a modalidade drive-thru fica restrita das 6h às 23h.

Nesta sexta-feira (31), a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Amazonas) esteve reunida com o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), durante mais uma audiência para negociar uma maior flexibilização nas ações que restringem o funcionamento do comércio e de outros setores por conta da pandemia.

Durante o encontro, o governador Wilson Lima afirmou que a redução das restrições é feita com base nos indicadores das autoridades sanitárias sobre a pandemia.

“Embora haja diminuição de casos, mortes e internações no Amazonas, a taxa de transmissão de coronavírus ainda é considerada alta, o que requer a manutenção das medidas de prevenção, como distanciamento, uso de máscara e higienização das mãos. O nível de contágio está em 0,92, o que significa que cada 100 infectados transmitem o vírus para outras 92 pessoas”, disse o governador.

O presidente em exercício da Abrasel, Jean Fabrizio, comemorou, porém, mais um avanço nas medidas de flexibilização, apesar de a categoria não conseguir o atendimento de todas as suas reivindicações. “Conseguimos avançar ainda mais na ampliação dos horários de funcionamento”, afirmou. “Entendemos que passamos por um momento muito difícil, mas estamos cumprindo todos os protocolos exigidos pelo governo do Amazonas para prevenir a Covid-19”, acrescentou ele.

Ainda segundo o novo decreto, os shoppings mantêm o mesmo horário de funcionamento em Manaus -das 10h às 20h, de segunda a sábado –com 50% da capacidade na área interna e 70% no estacionamento. As galerias e mini shoppings passam a funcionar no mesmo horário das lojas de rua, das 9h às 17h.

Rede de ensino

As instituições privadas foram autorizadas a retomar o ensino médio presencial e de cursos livres (escolas de idiomas). Volta a funcionar o Colégio Militar de Manaus, administrado pelo Exército.

Como outros setores, os estabelecimentos desse segmento deverão respeitar o limite de ocupação de 50% da capacidade dos espaços, além das medidas de distanciamento, uso de máscara e higienização das mãos.

“É importante que todos nós assumamos essa responsabilidade. Não é só papel do governo do Estado, da prefeitura, das autoridades; é papel de todo mundo. A gente faz aqui o que é possível, ampliar leitos, ampliar a rede hospitalar, fazer campanha publicitária, mas só tem uma pessoa que pode evitar a transmissão do vírus, que é você que está me assistindo”, salientou o governador Wilson Lima ao anunciar os novos ajustes nas medidas.

Segundo a FVS-AM (Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas), as alterações nas medidas de restrição e de distanciamento social estão sendo possíveis graças à redução nos de casos e mortes por Covid-19.

Em 19 de março, os últimos dados apontam para diminuição de 11% da média móvel de casos e de 38% de óbitos no Amazonas, em 14 dias. Essa redução reflete na taxa de ocupação de leitos das redes pública e privada, destinados a pacientes de Covid-19, que atinge, hoje, 77,5% nas UTIs e 57,8% em leitos clínicos.

Embora os indicadores mostrem redução de casos, óbitos e internações, a FVS-AM alerta para a necessidade de manutenção das medidas de prevenção, principalmente o respeito às regras de distanciamento e uso de máscara e higienização das mãos.

“Mesmo com o avanço da vacinação contra a Covid-19, é preciso manter os cuidados. Há países, como a Alemanha, que têm percentual de vacinação da população próximo ao registrado no Amazonas e, mesmo assim, começa a experimentar um novo crescimento de casos, indicando uma possibilidade de um terceiro pico da doença”, diz o diretor da FVS-AM, Cristiano Fernandes,

O que muda com o novo decreto

Restrição de circulação: das 00h às 06h

> Fica facultado às instituições privadas o funcionamento das escolas do ensino médio e cursos livres, como escolas de idiomas.

> Autorizado funcionamento do Colégio Militar de Manaus (CMM), administrado pelo Exército.

> Restaurantes e lanchonetes podem abrir para o público das 6h às 23h, de segunda-feira a sábado, e das 07h às 16h, aos domingos, com até 50% de ocupação.

> Permitidas as atividades de delivery de restaurantes e lanchonetes, durante as 24h. Drive-thru permitido de 06h até 23h.

> Permitido funcionamento de balneários, parques aquáticos e clubes recreativos das 7h às 16h, e de flutuantes, das 09h às 16h, de segunda a domingo, com até 50% de ocupação.

> Feiras da ADS e dos Produtores, que vendem direto à população, podem funcionar das 16h às 20h.

> Escritórios podem funcionar das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira, com taxa de ocupação de 50% e evitando a presença de maiores de 60 anos, ainda não vacinados com as duas doses e portadores de comorbidades reconhecidas pelo PNI.

> Galerias e mini-shoppings funcionam no mesmo horário das lojas de rua, das 9h às 17h.

> Permitido o funcionamento de barcos-hotéis, desde que não haja visitação a comunidades tradicionais ribeirinhas.

> Marinas e os cursos de arrais amador ficam autorizadas a abrir das 06h às 16h, de segunda a domingo.

> O transporte em embarcações a jato poderá ser realizado com 70% da ocupação, especificamente para viagens de até 1 hora de duração

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email