Pesquisar
Close this search box.

Barco Show no banzeiro do Negro

Depois do sucesso obtido em maio do ano passado, com a primeira edição realizada em Manaus, a Barco Show está de volta às águas do rio Negro de 25 a 28 de julho, quinta-feira a domingo. Com apoio da Amazonastur, o evento ocorrerá no mesmo lugar do ano passado, o píer do Uiara Amazon Resort, localizado na av. Coronel Teixeira, na Ponta Negra, e será aberto ao público.   

“O Barco Show tem o objetivo principal de desenvolver o setor náutico da região por onde passamos. Hoje somos uma empresa nível Brasil com atuação no Norte e no Nordeste, e com planos de expandir para outras regiões do país”, falou Hugo Leonardo, CEO da Barco Show Eventos.

O Barco Show é focado na geração de negócios náuticos, sobretudo no que se refere ao lazer náutico. Dentro do evento são realizadas transações com estaleiros, empresas de acessórios, serviços e produtos imprescindíveis e necessários dentro do hall da cadeia náutica. Existem, ainda, as empresas chamadas a-products e a-funds, como por exemplo, concessionárias de veículos, bancos, cooperativas que também visam o público frequentador da Barco Show.

Durante os quatro dias, Manaus irá reunir na feira, considerada a maior do Norte e do Nordeste para se ‘fechar’ negócios, empresas e investidores interessados no comércio de produtos e criação de novas parcerias para investimentos. De acordo com Hugo, ano passado, a Barco Show gerou cerca de R$ 30 milhões em negócios no Estado e deixou outros em andamento.

Em 2023 a feira reuniu um total de 20 empresas, entre elas NX Bolts, Fokker, com a Evolution Motors; TVLar, Bolt Lux, Capasi, Prado Son, Cessa Marine, Volvo Penta, Eonet Telecom, além da Amazonastur e da Manauscult.

Novidades do evento

“Este ano, 70% dos expositores que participaram no ano passado já confirmaram presença e teremos novas marcas como a Jet Tech, representante da Cidoo. Tem ainda a Manaus Jet, empresa que trabalha com locação de embarcações para passeios, e nos próximos dias estaremos confirmando outros participantes que estão com as negociações em andamento nos segmentos de motores, serviços, e artesanatos. Para completar, estamos ‘fechando’ com empresas automobilísticas”, avisou.

Segundo Hugo, em 2023, o evento superou as expectativas. Foram mais de dez mil visitantes nos estandes de produtos, o que significou também alto volume de vendas, networking e novas parcerias comerciais entre as empresas do setor.

“Uma das grandes novidades deste ano é que vamos ampliar o hall de eventos simultâneos, o que traz ainda mais negócios e número maior de público. Além do desfile de barcos, realizado na primeira edição, teremos degustação de vinhos, eventos organizados pelas próprias empresas, ações pontuais, coqueteis, e apresentações artísticas”, informou.

“O visitante vai desfrutar de uma estrutura na beira do rio Negro, próximo à foz do rio Tarumã, com uma vista incrível de um ângulo totalmente diferente de Manaus, tendo a ponte Rio Negro como cenário. Em terra teremos a vista do bonito Tropical Hotel. No final da tarde todos poderão apreciar um lindo pôr do Sol. Vale ressaltar que 65% do nosso evento será sobre o píer flutuante”, afirmou.

“Ainda na estrutura do píer haverá um bar e praça de alimentação para atender aos visitantes”, completou.

Vocação natural

Para Hugo, Manaus entrou de vez no calendário de eventos náuticos do país em virtude do alto potencial de negócios existente no Amazonas, seja para a navegação comercial, para o transporte de passageiros ou para o turismo e lazer o Estado, entrecortado por rios, representa vasto potencial para empresas do segmento.

“Estamos extremamente felizes e empolgados com mais uma realização da Barco Show Amazonas. O mercado Norte tem um potencial gigantesco e nós adotamos a missão de, cada vez mais, contribuir com o seu crescimento. É um segmento em que o Amazonas tem uma vocação natural e que pode ser bem explorado pelos empresários locais e pelas empresas nacionais. O desafio de realizar esse grandioso evento nos posiciona de maneira estratégica no mercado náutico”, disse.

Além de exposição de produtos, equipamentos e serviços ligados ao setor náutico, uma das propostas da Barco Show Amazonas é fomentar o setor, que no Brasil vem registrando crescimento anual de cerca de 10%.

“O Brasil tem um enorme potencial no setor náutico, que não está sendo totalmente desenvolvido. No Amazonas, isso se repete apesar de estarmos diante do maior rio navegável do planeta, com uma cultura ribeirinha forte, com o barco tendo um papel fundamental no transporte e no lazer da população. Isso precisa mudar”, concluiu.

Informações: @barcoshoweventos.

Evaldo Ferreira

é repórter do Jornal do Commercio
Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

Pesquisar