Banco da Amazônia lança prêmio que trata sobre empreendedor

Incentivar a classe empreendedora a produção baseada no desenvolvimento sustentável. Esse é o objetivo do Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente 2008, lançado ontem durante o seminário “Novas Oportunidades de Investimento da Amazônia”, no auditório Auton Furtado, da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas).
De acordo com o gerente de recursos estratégicos do Banco da Amazônia, Oduval Lobato, o objetivo do prêmio é conciliar o econômico, o social e o ambiental, despertando a consciência da humanidade para pensar em modelos inovadores de se produzir, sem provocar danos ambientais no planeta.
“A concepção básica do prêmio é o lançamento de idéias inéditas e inovadoras que pensem um modelo de progresso para Amazônia, que esteja devidamente ajustado aos princípios de desenvolvimento sustentável”, explicou.
A premiação é de nível internacional, atende desde estudantes a empresários, que podem dar suas idéias de projetos de desenvolvimento sustentável. Segundo Lobato, os ‘pensadores’ serão avaliados de acordo com a categoria de idade. “O que é levado em conta é a idéia que tem potencial para se transformar em uma atividade concreta”, disse.
O edital da segunda edição da premiação está em fase de conclusão. Os critérios para concorrer ao prêmio estarão descritas no documento, que deve ser lançado até o final de 2007. No edital constarão todas as regras para participar, além de informações como critérios de pontuação e valor da premiação.
Outro lançamento feito pela instituição financeira ontem foi o livro Empreendedorismo Consciente na Amazônia, que descreve as idéias vencedoras da versão 2006 do Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente.
No ano passado, 30 projetos foram classificados para concorrer ao prêmio, sendo oito amazonenses. O ganhador do primeiro lugar foi o trabalho intitulado “Produção sustentável de fibras têxteis”, de Décio Oliveira, oriundo do Rio de Janeiro.
As idéias vencedoras da primeira edição do prêmio já estão sendo discutidas com empreendedores do Brasil e do exterior, a partir da publicação do livro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email