15 de abril de 2021

Banco conclui captação externa de 750 milhões de euros

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) concluiu uma captação de 750 milhões de euros em títulos no mercado internacional com vencimento em setembro de 2017

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) concluiu uma captação de 750 milhões de euros em títulos no mercado internacional com vencimento em setembro de 2017.
O valor equivale a US$ 981.1 milhões. Esta foi a primeira captação do banco em euros nos últimos dez anos.
Para viabilizar a operação, executivos do banco fizeram em setembro apresentações para divulgar o crédito do BNDES durante três dias em Londres, Paris, Frankfurt, Munique, Amsterdã, Zurique e Genebra.
O banco destaca que a remuneração em juros para os investidores que ficaram com os títulos foi fixada em 4,243% ao ano, o menor patamar já pago pelo banco em operações semelhantes no mercado internacional.
“O sucesso da operação pode abrir caminho para a captação de outros emissores brasileiros no mercado de euros”, informou o banco, em nota.
O BNDES afirma ainda que é uma forma de diversificar a base de investidores. A operação foi coordenada pelos bancos BNP Paribas, Credit Suisse e Deutsche Bank.
O Banco do Brasil atuou como agente de distribuição.
Segundo o BNDES, a demanda foi muito superior ao valor oferecido, de 750 milhões de euros. Mais de 175 investidores participaram do processo de formação de preço do papel.
Os títulos ficaram principalmente nas mãos de investidores europeus, com perfil de investimento de longo prazo.
Desde 2008, o banco já realizou três captações em dólar, no valor de US$ 1 bilhão cada uma.
Nos últimos anos, o banco tem recebido um volume crescente de pedidos de financiamento para novos investimentos. Até por conta do maior trabalho de divulgação das linhas de financiamento do BNDES por pate do governo federal, que tem objetivo de tornar o banco mais popular e prestando mais serviços à população brasileira.
A estratégia de buscar recursos no exterior é também uma forma de viabilizar o atendimento da demanda.
O BNDES já recebeu empréstimos que somam R$ 180 bilhões em recursos do Tesouro.
Até julho, o banco emprestou R$ 72,6 bilhões, o que representa uma queda de 3% em relação a igual período do ano passado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email