Banco Central espera que US$ 11 bilhões de capitais de curto prazo saiam do país em 2007

A necessidade dos investido­res cobrirem perdas com as tur­­bulências no mercado financeiro internacional fará com q­ue US$ 11 bilhões de capitais de curto prazo saiam do país até de­zembro. Esses recursos estão ­aplica­dos principalmente no siste­­ma fi­nan­­ceiro e totalizam ho­­je US$ 49.164 bilhões. A ex­pec­tativa do Banco Central é que até dezembro esse saldo caia para US$ 37.5 bilhões. “Eu não acho. Eu tenho cer­­teza [que é para cobrir perdas]. Parte significativa desses re­cur­sos serão destinadas para isso”, afirmou Altamir Lopes, chefe do Departamento Eco­nô­mico do BC.
No fim de julho, os ­merca­dos mundiais sofreram for­­te tur­bu­lência com pro­blemas do ­setor imobiliário nos EUA. Esse mo­­vimento foi acentua­do em agosto. Isso ocorreu pois hou­ve um temor sobre a o­fer­ta de cré­dito disponível, já que foi­ detec­tada uma alta ina­dim­plência do segmento de alto ris­­co (subprime).
Outro fator que explica a re­­du­ção no saldo é a mudança de posição no câmbio das instituições bancárias. Em agosto, e pela primeira vez desde novembro de 2006, elas deixaram a posição “vendida”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email