Balcão de Agronegócio é reinaugurado

O Sebrae-AM (Serviço de Apoio à Micro e Pequenas Empresas do Amazonas) e a Faea (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas) reinauguram hoje o Balcão de Agronegócio

O Sebrae-AM (Serviço de Apoio à Micro e Pequenas Empresas do Amazonas) e a Faea (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas) reinauguram hoje o Balcão de Agronegócio. Desde 2007 o serviço já atendeu mais de 20 mil produtores rurais e gerou cerca de R$ 20 milhões em negócios para esses produtores.
Criado para apoiar os produtores rurais que vêm a Manaus vender seus produtos e nem sempre encontram com facilidade compradores que ofereçam um preço justo. No Balcão, o produtor cadastra sua oferta e um banco de dados faz uma busca dos possíveis compradores (mercadinhos, feirantes, comerciantes, entre outros) cadastrados previamente e que manifestaram interesse em adquirir produtos primários do interior do Estado.
Atualmente, o serviço tem produtores rurais e comerciantes de dezenas de municípios. A maioria das ofertas é de frutas, grãos, farináceos, hortaliças, carnes (bovina, suína, aves, peixes), ovos, entre outros, como açúcar mascavo, mel de abelha e de cana-de-açúcar, adubo.
“Foram feitas algumas reformas, ampliação de equipe e investimentos em equipamentos e sinalização visual, tudo com o intuito de prestar um melhor atendimento aos agricultores e pecuaristas. Para isso, as parcerias com instituições ligadas ao setor primário são fundamentais”, avalia o presidente da Faea, Muni Lourenço.
De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae/AM, Nelson Rocha, o Balcão de Agronegócio existe desde 2007 e de lá até hoje já foram realizados mais de 20 mil atendimentos, com um volume total de negócios gerados de aproximadamente R$ 23 milhões. O diretor informa, ainda, que a parceria com a Sefaz viabiliza a expedição da Carteira do Produtor Rural, um documento que, conforme a Lei Estadual 2.826/2003, estabelece benefícios e vantagens aos produtores rurais, tais como descontos especiais na compra de equipamentos agrícolas.
“O Balcão funciona como um canal de aproximação entre o produtor rural e o mercado, e dada essa importância, decidimos fazer algumas reformas no prédio e para dar maior visibilidade ao serviço, estamos fazendo a reinauguração”, comenta. Rocha ressalta, ainda, que, para ampliar o atendimento do Balcão, foram realizadas ações itinerantes do serviço em municípios e comunidades rurais da Região Metropolitana de Manaus.
O instituto de Idam (Desenvolvimento Agrário do Estado do Amazonas), a ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Amazonas), a Sepror (Secretaria de Estado da Produção Riral), o Senar/AM (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), a Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda) e a Embrapa (Empresa Brasileira da Pesquisas Agropecuárias) são instituições parceiras no Balcão do Agronegócio.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email