Balança tem superavit, mas importação cresce no país

A balança comercial brasileira registrou superavit de US$ 881 milhões em abril, informou hoje o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O saldo do mês passado é 52,7% inferior ao registrado em abril de 2011 (US$ 1,861 bilhão).
As importações totalizaram US$ 18,685 bilhões, valor recorde para meses de abril, superando igual período de 2011 (US$ 18,312 bilhões).
Quando a comparação é feita pela média diária (cálculo realizado para se excluir da conta a diferença de dias úteis de cada mês), as importações registraram queda de 3,1%, e aumento de 8,8% em relação a março de 2012.
A exportação alcançou o valor de US$ 19,566 bilhões. Sobre abril de 2011, as exportações registraram retração de 7,9%, e crescimento de 2,9% em relação a março de 2012, pela média diária.

Argentina

Com as barreiras impostas pela Argentina à entrada de produtos importados, as exportações brasileiras para o país vizinho caíram 27,1% no mês passado em relação ao mesmo período de 2011.
Em média, os exportadores brasileiros venderam US$ 67,6 milhões por dia aos argentinos em abril (US$ 1,35 bilhão no mês todo).
Desde 1º de fevereiro deste ano, toda importação feita pela Argentina precisa passar por autorização prévia de órgãos estatais. De acordo com a nova regra, os importadores precisam pedir permissão antecipada, esperar pela aprovação e somente então ter acesso à sua compra, quando esta chega à Aduana.
Esse registro das importações serve também para que o governo autorize ou não a aquisição de divisas por parte das indústrias que necessitem comprar insumos para fabricar produtos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email