Balança registra recorde em julho e superávit atinge US$ 3.3 bilhões

A balança comercial brasileira fechou o mês de julho com o maior volume mensal de negociações na história, informou na sexta-feira o Ministério do Desenvolvimento.
A corrente de comércio (soma de importações e exportações) ficou em US$ 37.602 bilhões, resultado de outros dois recordes para um mês: o de exportações, que somaram US$ 20.453 bilhões (média diária de US$ 889.3 milhões), e de importações, a US$ 17.149 bilhões (com média diária de US$ 745.6 milhões).
Já o superávit comercial de julho foi de US$ 3.304 bilhões (média diária de US$ 143.7 milhões). Foi o segundo melhor do ano, perdendo apenas para o de maio (US$ 4.077 bilhões).
Pela média diária, o superávit em julho foi 10,9% maior em relação a junho de 2008 (média diária de US$ 129.5 milhões) e 5,5% menor que o apresentado em julho de 2007 (média diária de US$ 152 milhões).
No mesmo critério, as exportações do mês passado foram 38,6% maiores que o registrado no mesmo mês do ano passado (US$ 641.8 milhões) e 0,4% melhor que em junho deste ano (US$ 885.4 milhões). Já as importações cresceram 52,2% em relação à média diária apresentada em julho de 2007 (US$ 489.8 milhões) e recuaram 1,4% na comparação com a média diária de junho (US$ 756 milhões).
Na quinta semana de julho, que corresponde o período entre 28 e 31 do mês passado, as exportações somaram US$ 3.178 bilhões (média diária de US$ 794.5 milhões) e as importações US$ 3.301 bilhões (média diária de US$ 825.3 milhões). Com isso, o país teve déficit comercial de US$ 123 milhões e uma corrente de comércio de US$ 6.479 bilhões. Já no acumulado dos sete primeiros meses do ano, o superávit comercial está em US$ 14.653 bilhões (média diária de US$ 100.4 milhões). No critério de média diária, isso significa um saldo 38,7% menor que o registrado no mesmo período de 2007 (US$ 163.8 milhões).
Neste período, o país exportou US$ 111.098 bilhões (média diária de US$ 760.9 milhões) -alta de 27,2% sobre o mesmo período do ano passado- e importou US$ 96.445 bilhões (média diária de US$ 660.6 milhões) -avanço de 52,1%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email