Balança comercial brasileira apresenta resultado superior a US$ 2 bilhões em outubro

A balança comercial brasileira apresentou um saldo positivo de US$ 469 milhões na terceira semana de outubro (dias 15 a 21). Esse resultado é a diferença entre as exportações de US$ 3.419 bilhões e importações de US$ 2.950 bilhões.

Pela movimento da média diária, que é o total negociado por dia útil, as importações foram recordes. Na primeira semana do mês o superávit foi de US$ 483 milhões e na segunda, de US$ 1.060 bilhão. No acumulado do mês, o saldo positivo está em US$ 2.012 bilhões.

As exportações no mês somam US$ 9.772 bilhões e as importações, US$ 7.760 bilhões.

Fator principal

No ano, o superávit comercial (saldo positivo entre exportações e impor­tações) é de US$ 32.959 bilhões, uma queda de 10,7% em relação ao mesmo período do ano passado (US$ 36.915 bilhões).

O principal fator para essa queda é a compra de produtos importados. As importações têm subido em um ritmo muito superior ao das exportações, estimuladas pela baixa cotação do dólar.

Previsão do BC é de US$ 40 bi

De janeiro até a terceira semana do mês de outubro, as exportações brasileiras somam US$ 126.371 bilhões e as importações, US$ 93.412 bilhões crescimentos de 15,6% e 28,9%, respectivamente.

O mercado financeiro estima um superávit da balança comercial de US$ 42 bilhões neste ano, enquanto o Banco Central projeta um saldo positivo de US$ 40 bilhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email