Bairro Lírio do Vale recebe ação de combate à dengue

Com um total de 1.331 casos notificados de dengue em Manaus neste ano, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), iniciou nesta terça-feira, 23/3, no bairro Lírio do Vale (zona Oeste), uma intensificação das ações de Educação em Saúde no combate ao Aedes aegypti, mosquito que também é o vetor de transmissão da zika e da chikungunya.

Segundo o chefe do Núcleo de Controle da Dengue, Alciles Comape, nesta semana, a ação também vai acontecer nos bairros Japiim (zona Sul), Zumbi (zona Leste) e Nova Cidade (zona Norte), que, juntamente com o bairro Lírio do Vale, representam as localidades com maior número de notificações de dengue em 2021.

“Cerca de 90% dos criadouros do Aedes aegypti são encontrados dentro dos domicílios em Manaus, o que torna essencial o envolvimento dos moradores nas ações de combate ao mosquito. Por isso, o trabalho de intensificação consiste na visita casa a casa, por meio dos agentes de endemias, orientando a população para a eliminação dos criadouros dos mosquitos Aedes aegypti“, esclareceu Alciles, lembrando que no ano passado a capital amazonense registrou um total de 2.247 notificações de dengue, demonstrando que o número de notificações deste ano já corresponde a 59,2% do total registrado em 2020.

Durante o início da ação no Lírio do Vale, o chefe do setor de Controle de Endemias do Distrito de Saúde (Disa) Oeste, Rubens Souza, explicou que o trabalho na prevenção e no controle do Aedes Aegypti já é feito na rotina de serviço da Semsa, a partir da notificação de casos, com bloqueios químico e mecânico, o que envolve a atuação de agentes de endemias e agentes comunitários da saúde que fazem as visitas domiciliares para orientar a população.

“A zona Oeste tem quatro bairros considerados prioritários para o combate ao Aedes neste momento, o que, além do Lírio do Vale, inclui os bairros Redenção, Compensa e Alvorada. O Disa Oeste tem intensificado as ações nesses quatro bairros, buscando envolver as lideranças comunitárias e os moradores, para que possam aderir ao chamado da Prefeitura de Manaus no combate ao mosquito”, afirmou Rubens Souza.

Para o líder comunitário Demétrio Santos, que acompanhou a ação no bairro Lírio do Vale, é importante o envolvimento de toda a comunidade para ajudar no controle do Aedes e, consequentemente, das doenças dengue, zika e chikungunya.

“Vários moradores enviaram por WhatsApp os exames comprovando a dengue e fiz solicitação para uma mobilização. É importante que a comunidade possa ajudar, utilizando o conhecimento repassado sobre os focos do mosquito, para se livrar do lixo que acumula água e é um dos criadouros do Aedes“, afirmou Demétrio.

Programação

A programação de intensificação terá continuidade nesta quarta-feira, 24/3, no bairro Japiim, na quinta-feira, 25/3, no Zumbi, e na sexta-feira, 26/3, no Nova Cidade.

“A Prefeitura de Manaus também organizou um trabalho de comunicação nas comunidades, alertando sobre os sintomas da doença e a aplicação do Check List – 10 Minutos contra o Aedes”, informou a chefe do setor de Educação em Saúde e Mobilização Social da Semsa, Lilian Zacarias.

A estratégia “Check List – 10 Minutos contra o Aedes” consiste em orientar a população para realizar semanalmente, em apenas 10 minutos, uma vistoria dentro do domicílio para a eliminação dos criadouros, evitando a proliferação do mosquito, já que o ciclo reprodutivo do ovo ao mosquito adulto leva de sete a 10 dias. A orientação, com a utilização do Check-List, é para que a população mantenha a atenção aos recipientes que podem acumular água e servir para reprodução do mosquito, como tonéis, caixa d’água, calhas, ralos, piscinas, vasos de planta, lajes, pneus e garrafas.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email