A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou nesta terça-feira (14), que deve concluir o processo de fusão operacional com a Trip nos próximos quatro meses. A Azul afirmou que o processo, que ainda dependia de um consenso sobre o novo pacote de política remuneratória para os tripulantes das duas aéreas, poderá prosseguir agora, após a nova proposta salarial apresentada pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) ter sido aceita pelos aeronautas.
“Essa é uma das últimas etapas da união entre Azul e Trip”, afirmou a empresa em comunicado, informando que a partir desta terça-feira, o acervo técnico-operacional originário da Trip, que compreende todo o capital humano e material, será transferido para a Azul. Com isso, comissários, despachantes, pilotos e todas as outras frentes passarão a fazer parte de um mesmo time, assim como a frota de aviões, que será incorporada pela Azul. “A previsão é que todo esse processo seja concluído entre final de abril e primeira quinzena de maio,” afirmou.
Os tripulantes da Azul e Trip aceitaram o novo pacote remuneratório da companhia, que foi apresentado pelo MTE, em audiência de mediação realizada em meados de dezembro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email