1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Auxílio- desemprego cresce no Reino Unido

A quantidade de pedidos de auxílio-desemprego no Reino Unido subiu em agosto pela primeira vez desde janeiro deste ano, segundo o Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês).

A quantidade de pedidos de auxílio-desemprego no Reino Unido subiu em agosto pela primeira vez desde janeiro deste ano, segundo o Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). Os pedidos tiveram aumento de 2,3 mil, gerando uma taxa de desemprego de 4,5% e surpreendendo os economistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam queda de 5 mil pedidos.
O número se compara com a queda de 1 mil pedidos registrada em julho, de acordo com dados revisados. Originalmente o ONS informou queda de 3,8 mil pedidos de auxílio-desemprego em julho A taxa de desemprego também foi de 4,5% naquele mês.
No entanto, outra medida de desemprego no Reino Unido, calculada pela Organização Internacional do Trabalho, apontou queda de 8 mil nos três meses até julho, para 2,5 milhões de pessoas desempregadas. O emprego subiu 286 mil no mesmo período, o maior aumento desde que os registros começaram a ser feitos, em 1971, segundo o ONS.
Com isso, a taxa de desemprego nesse cálculo foi de 7,8% nos três meses até julho, a mesma taxa registrada nos três meses até junho.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email