19 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Autoconhecimento é primeiro passo para mudança

Lilian D’Araujo 

@lydcorr

Encontrar um equilíbrio entre os extremos é uma tarefa difícil, principalmente quando se trata dos sentimentos. Mas, há uma maneira de se chegar a esse nível de inteligência emocional: o autoconhecimento. Isso quem explica é Karina Bessa, psicóloga, especialista em Terapia Cognitivo Comportamental. Ela esteve nos estúdios do JCAM Streaming para uma revigorante entrevista ao programa Trends JC, nesta semana.

Mais do que retomar o controle mínimo da mente, a inteligência emocional é o segredo para que a pessoa descarte o descontrole, a decepção recorrente e acessos de raiva, que podem prejudicar relações interpessoais e, até mesmo, sua carreira profissional. “É essencial que as pessoas entendam que a saúde mental é tão importante quanto a física. Existem muitas formas de se cuidar da mente e o ideal é a busca pela inteligência emocional. Aprender como equilibrar as emoções e buscar uma vida com mais qualidade e paz”, avalia a psicóloga.

Durante a entrevista, Karina Bessa lembrou que sentir raiva e ansiedade é natural, mas aprender a reagir de forma assertiva diante desses episódios é o que chamamos de inteligência emocional, conceito que vem sendo aprimorado a cada dia pelos cientistas e pesquisadores comportamentais. “Há várias formas de se equilibrar seus sentimentos. Cada pessoa tem a sua maneira de encarar os fatos e reagir. O que precisamos é encontrar esse equilíbrio e, para isso, há caminhos, como a terapia, por exemplo”, ressaltou.

Novas gerações

Para a psicóloga o conceito de inteligência emocional tem sido muito popularizado nos dias atuais por conta das novas gerações. Os jovens, naturalmente mais inseridos no contexto da internet, falam abertamente sobre seus sentimentos e utilizam canais como as redes sociais para extravasar e buscar mais pessoas que estejam na mesma situação. “Antigamente, o que era considerado ‘coisa de doido’ hoje é tratado naturalmente pelos jovens e adolescentes. Isso ajudou a tornar a terapia e a busca pela inteligência emocional processos naturais e populares na sociedade, o que é importante para que alcancemos resultados sociais, familiares e profissionais melhores. Minha dica para os mais velhos é: ouça seu adolescente”, alertou.

A inteligência emocional é um processo que passa pelo autoconhecimento. Saber quem você é e reconhecer os sentimentos que afloram todo tempo dentro da sua mente fazem parte desse processo. A partir daí, seguindo as dicas dadas pela psicóloga, falar sobre o que te incomoda e buscar ajuda terapêutica pode redefinir seu futuro, especialmente após um período de 2 anos traumáticos de pandemia da Covid-19. “Durante o isolamento imposto pela pandemia do coronavírus, eu não parei de trabalhar. A quantidade de pessoas que precisavam de ajuda cresceu muito. Tantos lutos e tantas perdas fizeram grandes estragos na saúde mental das pessoas. Acredito que esse período tenha nos ensinado a buscar ajuda e olhar mais para o universo interno que todos nós possuimos”, revelou Karina.

Durante o Trends JC, Karina Bessa deu algumas dicas para manter o autocontrole e apontou caminhos para conseguirmos encontrar nossa inteligência emocional. Nessa realidade difícil para muitos de nós, escolher as batalhas pelas quais valha a pena lutar é essencial para sermos melhores. E se você possui questões para resolver com você mesmo, procure a terapia e melhore. O tempo não para.

A entrevista completa está disponível nos canais do JCAM Streaming e no portal www.jcam.com.br. O programa Trends JC vai ao ar todas as quartas-feiras e sextas-feiras, às 11h30.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email