10 de abril de 2021

Associação chega a Manaus para capacitar empresários

Com a intenção de capacitar empresários, executivos e gestores públicos, a FDC (Fundação Dom Cabral) desembarca em Manaus com dois de seus principais programas que a classificam entre as cinco melhores escolas de negócios do mundo

Com a intenção de capacitar empresários, executivos e gestores públicos, a FDC (Fundação Dom Cabral) desembarca em Manaus com dois de seus principais programas que a classificam entre as cinco melhores escolas de negócios do mundo, no ranking 2011 do jornal britânico Financial Times. Segundo Fábio Guarnieri, diretor executivo da OBS (Outitude Business School), no fim de 2010 a empresa foi selecionada pela FDC para participar de um processo seletivo e foi escolhida. “Não se trata de uma franquia, mas de uma associação regional, onde a OBS terá o papel de oferecer as soluções educacionais da FDC ao empresariado local, atuando como um agente no relacionamento e customização dos programas”, explicou.
Ele destaca que dentre os diferenciais da FDC está a filosofia de trabalhar com o cliente e não apenas para ele, respeitando a individualidade e as particularidades de cada região. “Conexão entre teoria e prática, formação acadêmica e experiência empresarial são os diferenciais da FDC”, afirma diretor executivo da Outitude, empresa que atua em Manaus desde 2005 na área de gestão de pessoas e coaching de executivos, empresários e herdeiros.
O programa PAEX (Parceiros para a Excelência), que inicia em setembro, será uma das soluções educacionais que a FDC disponibilizará para Manaus, que tem como público alvo as empresas locais de médio porte. Guarnieri conta que o programa tem carga horária de 400 horas/ano de atividades envolvendo projeto empresarial, monitorias, avaliação mensal de indicadores e intercâmbio entre empresas. “A maior parte do programa acontece dentro das empresas participantes”, enfatizou. O PAEX integra 370 empresas do Brasil, Paraguai, Chile e Portugal.
Personalizado e desenvolvido dentro de cada empresa, o programa é uma consultoria que visa dar resultados. E, por isso, se adapta a cada realidade. “O PAEX é referência no Brasil quando o assunto é consultoria empresarial, porque ele provoca uma mudança não só na empresa, mas nos seus dirigentes”, explica o diretor executivo da OBS.
O PAEX também oferece aos seus parceiros um portal na internet (www.fdc.org.br) com outras informações técnicas, artigos e download da ferramenta Painel de Bordo, um sistema de gestão de indicadores que compara as metas com seus respectivos valores realizados. O painel, que faz parte da metodologia de gestão estratégica, permite ainda que se analisem, em situações críticas, as causas do mau desempenho e as ações corretivas cabíveis.
Outro destaque será o programa PDA (Parceria para o Desenvolvimento de Acionistas), que é destinado a proprietários de empresas familiares para melhor condução de seus negócios, preservando e maximizando o patrimônio e desempenho das organizações.
Entre os temas a serem abordados estão as relações de confiança, papéis e responsabilidades nas empresas e nas famílias, questões patrimoniais e jurídicas, riscos e responsabilidades dos acionistas, governança e estabelecimento de regras. Além das atividades presenciais e monitoradas, ao participar do PDA, as famílias passam a integrar a Rede PDA, que oferece encontros com debates e palestras sobre temas específicos escolhidos exclusivamente por seus integrantes.
De acordo com Fábio, o PAEX será formado por um grupo de 10 a 12 empresas de Manaus. Cada empresa participa com os três principais executivos (via de regra, com a participação ativa do proprietário). No PDA são até 40 vagas. “A limitação visa manter a qualidade do programa e o grau de atenção a cada participante”, disse. O valor do investimento varia do programa escolhido e de acordo com o número de horas, público alvo e grau de customização. “Teremos programas abertos mais acessíveis e até alguns que chegam a custar R$ 11.800,00/mês por empresa”, informa.
Para as empresas que se interessarem, podem entrar em contato através do (92)3878-2601 ou através do sites: www.obsam.com.br ou www.fdc.org.br. “Não costumamos fechar qualquer pacote antes de uma reunião de identificação de necessidades e alinhamento de expectativas com o cliente”, destacou Fábio, que ainda informa que os programas serão realizados no auditório da OBS, localizado na rua Salvador, n°120, no Vieiralves, zona Centro-Sul. “Ou em hotéis nas adjacências e muitos deles nas próprias empresas, dependendo do que cada programa exigir da parte logística”, comenta.
Ele adianta que, no próximo ano, a OBS dará início aos programas abertos de curta duração e aos programas de pós-graduação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email