‘Asfalta Manaus’ avança com a revitalização das ruas da capital

A Prefeitura de Manaus avança na execução do pacote de “Obras de Inverno”, também conhecido como “Asfalta Manaus”, que pretende revitalizar 1,7 mil ruas na capital. As obras de manutenção nas ruas no conjunto Parque das Laranjeiras, em Flores, e no conjunto Shangrilá, bairro Parque 10 de Novembro, ambos na zona Centro-Sul, foram finalizadas no último final de semana.

 Ao todo, foram revitalizadas 61 ruas no Parque das Laranjeiras e 65 no Shangrilá, totalizando quase 45 quilômetros de extensão. O trabalho segue em outros locais e, nesta segunda-feira, 5/7, quase 30 servidores trabalham nas ruas General Vidal Pessoa e Constituição, no bairro Betânia, com a recomposição de base e implantação de 160 toneladas diárias de massa asfáltica em vias, que, segundo os moradores, estavam abandonadas há mais de cinco anos.

“A meta dada pelo prefeito David Almeida é que revitalizemos, pelo menos, 10 mil ruas. Além dos pacotes de Verão e Inverno, nossos distritos trabalham, diariamente, na recuperação de milhares de ruas em nossa cidade e não apenas nas principais, mas em becos, vielas e vias secundárias, que há muito tempo não recebiam ações de infraestrutura”, disse o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta.

O pacote de “Obras de Inverno” teve início na zona Leste, no bairro Jorge Teixeira, e atende 14 bairros da cidade. Ao todo, R$ 30 milhões estão sendo investidos ao longo de seis meses, de acordo com o prefeito David Almeida.

 População

Segundo o aposentado Manuel Dutra, que mora há 15 anos no bairro Betânia, há tempos não via obras na sua comunidade e as ruas estão, realmente, muito deterioradas. “Ter as equipes de obras aqui na nossa comunidade e perceber as melhorias para todos me deixou esperançoso de dias melhores. Pois a infraestrutura é o mínimo que esperamos dos nossos governantes”, concluiu Dutra.

Governo do Amazonas recupera espaços urbanos de bairros de Manaus

 O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), irá realizar obras e serviços de engenharia para recuperar espaços urbanos nas zonas norte e leste de Manaus. O projeto contempla ações de revitalização e recuperação em ruas, praças, centros sociais, quadras esportivas, academias ao ar livre, campos de futebol e de vôlei, dentre outros.

Com investimento previsto de R$ 7.303.039,72, divididos em três contratos, o projeto tem por objetivo promover a recuperação dos espaços públicos, incluindo serviços de capinação, limpeza e remoção de entulhos das ruas, operações tapa-buracos e revitalização de praças, dentre outras intervenções, no entorno desses espaços.

Primeiras intervenções – A Arena do Monte, na Avenida Samaúma, no bairro do Monte das Oliveiras, na zona norte; e o Campo do Teixeirão, situado na rua 1, bairro Jorge Teixeira, na zona leste; são os primeiros contemplados pelo programa de recuperação dos espaços urbanos da cidade.

As ações fazem parte de um projeto instituído pelo Governo do Amazonas, de promover a melhoria da qualidade de vida da população, tanto da capital quanto do interior.

Recuperação de Campos e Quadras – Também estão inseridos neste programa do Governo do Amazonas, de recuperação dos espaços urbanos, o Campo da Baixada Fluminense, o Campo do Conjunto Boas Novas, Complexo Esportivo do Novo Israel, o Campo do Parque do Sabiá, e a Arena Passarinho, todos na zona norte.

Na zona leste serão beneficiados o Campo do Tancredão, na rua Quartzos, no bairro Tancredo Neves; Campo Valdir Moraes, na rua Curica, bairro de São José Operário 1; Campo Armando Mendes, na rua Rio Xanxerê, no bairro Armando Mendes; e Campo Florestão, na rua das Granadas, também no Tancredo Neves.

Outros espaços que deverão ser incluídos no programa de revitalização de espaços públicos são o Campo do Penarol, no bairro da Raiz; Campo do Santos Dumont; Campo do Buracão; Campo do CEAN e o CDC da Compensa.

Prefeitura vai promover curso para mototaxistas

A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), promoverá, ainda este mês, curso de capacitação aos mototaxistas que atuam na capital amazonense. As tratativas para a realização do curso são realizadas com representantes da categoria e devem incluir informações sobre primeiros socorros, técnicas de pilotagem e atualização do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Para o diretor de Transporte do IMMU, Edinaldo Castro, a iniciativa do órgão, sob a determinação do prefeito David Almeida, trará benefícios, principalmente, aos usuários deste serviço de transporte.

“A reciclagem da classe trabalhadora dos mototaxistas é essencial e havia uma necessidade para promovermos este curso por causa da paralisação da oferta causada pela pandemia. O ganho é para os trabalhadores, para o cliente atendido por ele e o ganho é para o trânsito e a sociedade como um todo”, frisou o diretor de Transporte.

 Ainda nesta semana, o IMMU irá divulgar o calendário das atividades voltadas aos mototaxistas. Atualmente, a cidade possui aproximadamente 3 mil desses profissionais.

 Campanha

O mês de julho foi estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para atividades voltadas aos motociclistas, com a campanha “Motociclista consciente evita acidentes”, que tem como metas reforçar a adoção de condutas mais seguras no trânsito e a importância de respeitar as regras para condução de motocicletas com enfoque especial aos motociclistas profissionais (mototaxistas e motofretistas); aos motociclistas entregadores (motofretistas), enfatizar os cuidados básicos com a velocidade incompatível, utilização de celular ao pilotar, dentre outras condutas.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email