As mensagens que Francisco deixou

Fé, drogas, má distribuição de renda, criminalidade, juventude, terceira idade. O papa Francisco tratou de todos estes assuntos durante sua estada no Brasil, sem abrir mão da evangelização.
Carismático, simpático e forte, o Sumo Pontífice participou de uma overdose de eventos, teve superexposição e aproveitou cada oportunidade para deixar mensagens específicas, coroando de êxito sua primeira missão fora de Roma.
Seus discursos e homilias tiveram forte tom social, mas foi entre seus hermanos argentinos que ele revelou seu verdadeiro objetivo: fazer com que a Igreja volte a crescer.
Tudo o que ele fez, disse ou promoveu no Brasil durante a semana teve esse objetivo. Francisco sabe que a Igreja Católica perdeu muito espaço para os evangélicos no Brasil porque se afastou do cotidiano das pessoas, deixou de tratar de temas que permeiam a vida moderna e passou a se dedicar a várias atividades, porém não à evangelização.
Ao falar para os jovens, exortando-os a espalhar a mensagem do Evangelho e a não esmorecer diante das injustiças, ele estava dizendo subliminarmente que não adiantava empunhar um cartaz e sair na rua para protestar com o coração cheio de ódio. As mudanças que ele preconiza vêm dos sentimentos mais nobres, pregados pelo cristianismo.
Francisco apaziguou o Brasil. Reduziu a alguns gatos pingados as manifestações, mas não deixou de cutucar as autoridades, seja no momento em que falou de corrupção, seja dando a voz para os moradores de comunidades carentes denunciarem que os serviços públicos só retornaram ao local por causa da presença do Santo Padre.
Assim como nas parábolas bíblicas, as mensagens de Francisco precisam ser entendidas à luz de reflexões. Nem sempre o que ele disse se encerra na manifestação pública. Por vezes há intenção mais profunda que precisa ser entendida. De qualquer forma, ele deixa um legado importante não apenas para a juventude. E a Igreja Católica brasileira agradece.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email