18 de maio de 2021

Artistas e anônimos cancelam Karol Conká e pedem saída dela do BBB

Uma hastag vem dominando as redes sociais desde o início da semana: #karolConkáExpulsa. A rapper descolada tem conseguido colher amargos frutos de sua postura absolutamente autoritária na casa mais vigiada do Brasil.

Com isso, famosos e muitos anônimos têm gastado suas digitais para aumentar o coro contra a ativista e cantora. A desidratação de suas redes sociais segue em ritmo de Fórmula 1. Desde o início das polêmicas, quando a rapper subiu para trending, ela já perdeu mais de 300 mil seguidores.

https://twitter.com/Dudskk/status/1356640881491771392

Xenofobia descarada

O descontentamento com ela tem como base a maneira como tem tratado alguns dos participantes do BBB 21. Um exemplo é o modo como a artista se referiu ao jeito de conversar da paraibana Juliette Freire. Ela foi duramente criticada na internet na sexta-feira (29) e acusada de xenofobia. Karol associou o comportamento da participante ao lugar onde ela nasceu.

“É o jeito, lá na terra dessa pessoa é normal falar assim”, contou. “Eu sou de Curitiba, é uma cidade muito reservadinha.”

Já na tarde de segunda-feira (1), o jeito como ela tratou Lucas Penteado foi motivo de mais críticas. Depois de ele causar um alvoroço com praticamente todos os participantes da casa, desta vez a discussão mais acalorada foi com Karol.

Na hora de comerem, Karol expulsou Lucas da mesa e disse que ele só poderia se sentar no momento em que ela saísse do local.

“Quero comer na paz do senhor, entendeu? Não quero que você fale enquanto estou comendo. Me respeita”, começou.

Lucas perguntou se ela estava falando com ele e depois pediu desculpas ao sair.

“Você não sabe calar a boca então é melhor sair mesmo. Não desculpo. Vá à merda, se faça de louco lá fora, pede para sair. Já deu”, retrucou a cantora.

Artistas manifestam críticas

Artistas estão contra Conká. São os casos de Ludmilla, que disse que fará mutirão para quando ela estiver ao Paredão, e Jojo Todynho, que disse que não seguirá mais a cantora. O cantor Emicida, parceiro dela no rap nacional, usou o Twitter para atrelar o nome de Karol a emojis de tristeza. Ingrid Guimarães disse que não estava conseguindo assistir aos vídeos de Conká, pois “não trabalha bem com perversidade”.

Prejuízo no bolso

A artista também vem sentindo no bolso o fruto de seus arroubos e de seu estrelismo no BBB. O Festival Rec-Beat, que irá transmitir uma edição virtual no YouTube em 14 de fevereiro, oficializou a retoirada do registro audivisual da apresentação de Karol ConKá de sua programação. As gravações já haviam sido realizadas em São Paulo e Recife, o que possibilitava a presdença da rapper.

Em nota de esclarecimento, o festival afirmou que a atitude vão contra os princípios da festa.

“Reafirmamos nossa total e absoluta discordância de suas atitudes que vão contra os princípios basilares do Rec-Beat e do nosso público”, disseram os organizadores, em nota.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email