Arthur vai para a linha de frente

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), deixou a posição mais colaborativa que estava tendo nos últimos dias para assumir a linha de frente no combate ao novo coronavírus (Covid-19) no Amazonas. E está fazendo isso da maneira que mais sabe: ocupando um espaço enorme na mídia nacional para bradar aos quatro ventos que o Estado, e especialmente a capital, precisam de ajuda. No feriado de Tiradentes, ele foi manchete do UOL, o principal portal de notícias do país, da Folha de São  Paulo e deu longas entrevistas à CNN Brasil e ao Jornal Nacional, da Rede Globo. Em todas, adotou o mesmo tom que o caracterizou como o principal defensor da Zona Franca de Manaus, quando era senador. Criticou do presidente da República aos envolvidos na Operação Maus Caminhos, disse que o estado é de calamidade e que há muito mais vítimas da Covid-19 na cidade do que se imagina. “Tem muita gente morrendo em casa”, afirmou. É o velho Arthur colocando toda a sua conhecida retórica a serviço da Saúde do Estado.

Novos números

O Amazonas registrou mais 110 casos de Covid-19 ontem, totalizando 2.270 desde março, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde. Também foram confirmados mais oito óbitos pela doença, elevando para 193 o total. Arthur entende que este número é muito maior, porque tem informações de que muitos pacientes sequer estão chegando às unidades da saúde.

Prorrogou

Dando continuidade às medidas para evitar a circulação e a aglomeração de pessoas, como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19, o Governo do Amazonas prorrogou, até o dia 30 de abril, a suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais e serviços não essenciais e de recreação e lazer, bem como dos serviços de transporte intermunicipal e interestadual terrestre de pessoas. A determinação consta no Decreto Estadual nº 42.216, publicado na edição do Diário Oficial do Estado de 20 de abril.

HUGV dentro

O governador Wilson Lima (PSC) anunciou que o Governo do Amazonas vai utilizar leitos do Hospital Universitário Getúlio Vargas, que é mantido com verbas federais, para receber pacientes com o novo Coronavírus (Covid-19). Ele também afirmou que o Estado mantém todos os esforços para estruturar mais leitos clínicos e de UTI no Hospital Delphina Aziz e no Hospital de Combate ao Covid-19, localizado na Universidade Nilton Lins, que até a manhã de hoje tinha mais 16 pacientes regulados para atendimento na unidade.

Apoio

A Prefeitura de Manaus, em parceria com a Nasser Engenharia, disponibilizou um contêiner escritório para dar suporte a servidores e familiares das vítimas da Covid-19 que forem enterrar seus entes queridos. A unidade, intermediada pelas secretarias municipais de Parcerias e Projetos Estratégicos Estratégicos e da Mulher, Assistência Social e Cidadania, foi instalada no cemitério Nossa Senhora Aparecida, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus.

Intervenção

O pedido de intervenção federal na saúde do Amazonas, aprovado na última segunda-feira (20) pelos deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas, será encaminhado ao presidente da República Jair Messias Bolsonaro (sem partido), hoje. A medida foi proposta pelo presidente da Casa, Josué Neto (PRTB) e pelos colegas Delegado Péricles (PSL), João Luiz (Republicanos), Mayara Pinheiro (PP), Felipe Souza (Patriota) e Fausto Jr (PV).

Indústria em ação

Em mais uma edição da conferência do Comitê ZFM Covid-19, formado pelas entidades que representam a indústria, foram apresentados painéis voltados para as ações de combate à doença no Amazonas, dentre eles a palestra do conselheiro Jeanete Portela, com o tema "superação e transformações que podem nos conduzir a um mundo melhor", iniciativa que foi destacada nesta ocasião e que está convidando voluntários a fazer parte do grupo que realiza ações de auxílio aos mais atingidos pelas consequências da pandemia.

Doação

O Governo do Amazonas recebeu do Hospital Israelita Albert Einstein uma doação de 24 mil litros de álcool em gel e cem mil máscaras, que serão distribuídos para as unidades da rede estadual de saúde que realizam o atendimento e tratamento de pacientes com Covid-19.

Álcool em gel

Para ajudar na proteção dos profissionais de saúde que estão no combate ao Coronavírus, o grupo de pesquisa 'Química Aplicada à Tecnologia, da Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas, iniciou a fabricação de álcool em gel 70% para doação aos hospitais.        

Frases

“Tenho muito respeito pelos coveiros. Não sei se ele serviria para ser coveiro. Talvez não servisse.” Arthur Virgílio Neto (PSDB), prefeito de Manaus, sobre declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), dizendo que não era coveiro para prever o número de mortes pela Covid-19

“Eu te protejo e você me proteje.” Tema de campanha lançada nas redes sociais pelos bumbás Garantido e Caprichoso, para incentivar o uso de máscaras nas ruas

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email