Arthur tenta tirar Hissa da disputa em 2014

O prefeito Arthur Neto (PSDB) disse ontem que já manifestou sua insatisfação ao vice-prefeito Hissa Abrahão (PPS) por causa do lançamento de sua candidatura ao governo e afiançou que não o apoiaria. E deu um ultimato a ele: se insistir, que deixe a Secretaria de Infraestrutura até segunda-feira (16). Este, aliás, é o prazo final dado pelo chefe do Executivo para que os secretários-candidatos deixem os cargos. Acuado, Hissa se calou. Não veio a público dar nenhuma declaração ontem. Na véspera, havia reafirmado o que tem dito sempre nos últimos dias: qualquer decisão sobre uma eventual candidatura sua passaria por Arthur. Só que o vice se comporta nos bastidores diferente do que aparenta publicamente. Não aceita ser excluído do processo eleitoral e isso irrita profundamente o prefeito. Neste momento, os holofotes do PSDB estão apontados para a deputada Rebecca Garcia (PP). Ela seria candidata ao governo com apoio da máquina municipal. O PPS nacional, entretanto, quer um candidato próprio no Amazonas.

REUNIÃO

Na tarde de ontem, Arthur se reuniu por mais de duas horas com a deputada Rebecca Garcia na sede da Band Manaus, emissora de TV da família dela. Discutiram as declarações da manhã e traçaram as estratégias para os próximos movimentos.

VAI SAIR

O secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino (DEM), jogou a toalha ontem, depois das entrevistas do prefeito Arthur Neto as rádios, e decidiu entregar o cargo na segunda-feira, retomando o mandato de deputado federal. Ao contrário do vice-prefeito, entretanto, o líder democrata teve a garantia ontem, atestada em público, de que terá o apoio da administração estadual à sua reeleição.

ARRAIGADO

Outro secretário municipal que Arthur gostaria que saísse para ser candidato é Fabrício Lima (SDD). É que os gastos com eventos da Secretaria de Juventude e Esporte, que ele comanda, foram exagerados e irritaram o prefeito. O vereador, entretanto, se nega a deixar o posto e piorou as coisas ao dizer que o fazia por causa de um apelo do chefe, quando a verdade é o contrário.

QUEM ENTRA

O secretário de governo, Humberto Michiles, vai substituir Pauderney na Educação. Para o lugar dele, vai o secretário de Comunicação, Márcio Noronha, que será substituído pela sub, Mônica Santaella. Orlando Holanda, que foi secretário de Infraestrutura na primeira administração de Arthur, assume a infraestrutura.

PROPAGANDA

Do governador Omar Aziz, sobre o que pretende fazer em relação aos países cujas seleções de futebol jogarão em Manaus, durante a Copa do Mundo: “O Governo vai fazer propaganda nesses países, mostrando as belezas do Amazonas e de Manaus, para que as pessoas tenham a garantia de que estarão vindo para uma cidade bastante acolhedora, de um povo acolhedor e que abre os braços para aqueles que querem fazer investimentos aqui”.

COLOSSO

Omar visitou ontem as obras do Centro de Convenções do Amazonas, ao lado da Arena. Praticamente concluído internamente, ele terá oito mil metros quadrados, com capacidade para abrigar até quatro mil pessoas. Vai custar R$ 30 milhões, recurso liberado pelo Ministério do Turismo, com contrapartida de pouco mais de R$ 19 milhões do Estado. O complexo vai ser utilizado pela Fifa durante a Copa, como local para reuniões e encontros das delegações esportivas.

TURÍNDIO

O Comitê Gestor Indígena tem um plano de roteiro turístico indígena, que será colocado em prática a partir da Copa do Mundo de 2014. A Fundação Indigenista do Estado está a frente das ações. Promete fazer muito sucesso entre os turistas europeus e norte-americanos, que vêm à cidade ávidos por ver índios passeando nas ruas.

SILÊNCIO

É no mínimo inquietante o silêncio da Secretaria de Justiça do Amazonas em relação ao anúncio da Justiça do Rio Grande do Norte, de que vai mandar de volta a Manaus presos de altíssima periculosidade, por falta de documentos necessários para a permanência deles em presídio daquele Estado. Pronunciamento forte neste sentido foi feito ontem na Assembleia Legislativa pelo deputado Cabo Maciel (PR), cobrando um posicionamento do órgão.

LEI DO TROCO

Desde o dia 18 de novembro está em vigor na capital a lei nº 1.797/2013, a chamada ‘Lei do Troco’, que obriga a devolução correta e em espécie do troco. Os estabelecimentos comerciais de Manaus estão proibidos de substituir o troco em dinheiro por outros produtos, como balas e chicletes. A desobediência pode gerar multas que variam de 10 a 50 Unidades Fiscais do Município, hoje R$ 745,90 e R$ 3.729,50, respectivamente. Em caso de reincidência, a penalidade pode chegar a R$ 7.459,00 e até mesmo a suspensão do alvará de funcionamento pelo prazo de 15 dias.

POTÁSSIO

Comitivas do Canadá, Austrália e de grandes empresas brasileiras estiveram reunidas com o governador Omar Aziz ontem e demonstraram expectativa em explorar o potencial regional de potássio. Foram apresentados estudos e resultados de pesquisas favoráveis à exploração, realizados após 40 perfurações em áreas dos municípios de Nova Olinda do Norte, Itacoatiara, Borba, Autazes, Silves, São Sebastião do Uatumã, Maués, Urucurituba, Itapiranga e Nhamundá. Seria a terceira maior reserva do planeta.

Vivaldão 1

O vereador Luis Mitoso (PSD) afirmou ontem que não foi “oportunista” com a sanção pelo governador Omar Aziz da lei que confere o nome de Arena da Amazônia Vivaldo Lima ao novo estádio de futebol construído em Manaus para a Copa do Mundo. Mitoso apresentou cópia da indicação ao governador apresentada em março, mas aprovada na Câmara em agosto para a adoção do nome Arena da Amazônia Vivaldo Lima à principal arena esportiva do Estado. O vereador disse que desconhecia o fato de matéria com o mesmo teor tramitar na Assembleia Legislativa do Estado.

Vivaldão 2

A lei que definiu o nome Arena da Amazônia Vivaldo Lima para o novo estádio foi publicada na última quarta-feira no “Diário Oficial” do Estado pelo governador Omar Aziz. A proposta atendeu o apelo dos desportistas amazonenses que defendiam a manutenção do nome tradicional do estádio e foi formalizada a partir de projeto de Lei encaminhado à Assembleia pelo deputado Marcelo Ramos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email