18 de abril de 2021

Arrecadação de impostos avança 26,4% e bate recorde do ano

De acordo com dados divulgados na terça-feira pela Receita Federal, a arrecadação federal cresceu 26,39% em novembro na comparação com o mesmo mês do ano de 2008.

De acordo com dados divulgados na terça-feira pela Receita Federal, a arrecadação federal cresceu 26,39% em novembro na comparação com o mesmo mês do ano de 2008. No mês passado foram arrecadados R$ 72,09 bilhões, o maior valor mensal obtido neste ano.
No mês de outubro, a arrecadação de impostos havia crescido pela primeira vez na comparação com o mesmo período do ano anterior após passar 11 meses consecutivos com queda.
Em outubro, o crescimento só foi possível por conta da transferência de R$ 5 bilhões em depósitos judiciais que estavam na Caixa Econômica Federal para os cofres do Tesouro Nacional, o pagamento de débitos parcelados, recolhimento de débitos em atraso do Imposto de Renda e o crescimento na arrecadação de impostos como o Imposto de Importação.

Queda nas receitas

De acordo com a Receita, se a transferência não tivesse ocorrido, haveria uma queda de 5,96% nas receitas administradas, que excluem receitas previdenciárias, entre outras.
Em relação a outubro houve aumento de 4,41% (descontada a inflação).
No acumulado do ano, a arrecadação federal soma R$ 633,8 bilhões, queda real de 3,99% em relação ao mesmo período do ano passado.
De acordo com a Receita Federal, o governo deixou de arrecadar R$ 23,3 bilhões de janeiro a novembro por conta de medidas adotadas no combate à crise econômica, como a redução do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) de automóveis e eletrodomésticos.
A expectativa é que, no ano, as desonerações somem algo em torno de R$ 25 bilhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email