Arlindo Júnior lança campanha contra exploração sexual

A campanha “Ponta Negra contra a exploração sexual” foi lançada na sexta-feira, 9, no plenário Adriano Jorge da CMM (Câmara Municipal de Manaus) pelo presidente da Comissão de Cultura e Patrimônio Histórico, vereador Arlindo Júnior (PMDB) em parceria com a Associação dos Comerciantes da Ponta Negra. Ele também anunciou o início do projeto de revitalização do Parque Ponta Negra que vai modernizar o balneário.
Estiveram presentes à sessão autoridades e dirigentes ligados à questão como a presidente da ManausCult, Lívia Mendes, Graça Prola, secretária executiva da Secretaria de Estado da Assistência Social; Lenize Tapajós, secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos; Carlos César, diretor do Centro Sódio-educativo Dagmar Feitoza e Francisca Flores Amaral, presidente da Associação dos ambulantes da Ponta Negra.
Todos enfatizaram a grande importância da campanha para a cidade de Manaus.
O vereador Arlindo Junior enfatizou no plenário da CMM, que a principal finalidade da campanha é acompanhar a reestruturação física do balneário da Ponta Negra com uma conscientização das pessoas que trabalham e freqüentam a área, para que a exploração sexual de crianças e adolescentes que ocorrer constantemente na área possa ser evitada.
Além, também, de chamar atenção da sociedade para o que ocorre no local e mostrar que é necessário fazer algo para que a imagem negativa que a maioria da população tem do lugar seja revertida.

Convênio para revitalização do balneário já foi assinado

“Será uma campanha sistemática que não tem prazo específico para ser finalizada”, afirmou o vereador, lembrando que a idéia não é somente sua, “essa idéia é da associação e eu abracei a causa. Eu não quero ser injusto” disse. Depois, parabenizou o residente da Associação dos Comerciantes, Older Nogueira de Souza, garantindo que “todos nós estamos contra a exploração sexual”.
O parlamentar também lembrou que um convênio de R$ 22 milhões para revitalização do Parque Ponta Negra já foi assinado e o montante de R$ 9 milhões, para ser iniciada a primeira parte também foi disponibilizado pelo governo federal.
O vereador Arlindo aproveitou e mostrou a planta baixa do espaço onde ficará o estacionamento, praças, restaurantes e o Mirante, além da perspectiva de vários ângulos da nova Ponta Negra. “Com certeza será um grande ponto turístico”.
A campanha “Ponta Negra contra a exploração sexual” começará na segunda-feira, 12 com distribuição de panfletos, adesivos e cartazes por toda a área, além de estarem programadas palestras de conscientização.
“Essa reunião não é de ninguém, especificamente, mas de toda a população e precisamos de apoio, principalmente de toda a mídia. Tento fazer minha parte trazendo este tema para ser discutido nesta Casa”, assegurou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email