Arezzo retira de lojas produtos fabricados com pele exótica

A Arezzo anunciou ontem a retirada de todas as lojas do país de produtos da coleção Pelemania que usavam em sua confecção pele de raposa. A decisão foi tomada depois de manifestações raivosas na internet.
No site da marca, o anúncio da coleção Pelemania dizia “Hit glamuroso da temporada. Não pode faltar no guarda-roupa da fashionista”, ao lado uma foto de uma bolsa aparentemente feita de pele de animais.
No Twitter, a grife ficou entre os dez assuntos mais comentados do microblog. “Ridículo essa nova coleção da #arezzo pq não arrancam a pele deles pra fazer os sapatos aff”, afirmou Diana Bueno, em seu Twitter.
A assessoria da empresa afirmou que mais de 90% da linha é feita com pele sintética e que apenas em uma bolsa foi usada pele de raposa, considerada pele exótica.
Há também uso de pele de coelhos em detalhes de calçados da coleção. Ainda de acordo com a assessoria, mais de 80% dos produtos da empresa são feitas com couro bovino ou ovino.
Nota oficial da Arezzo diz que a empresa “entende e respeita as opiniões e manifestações contrárias ao uso de peles exóticas na confecção de produtos de vestuário e acessórios”.
A Arezzo também afirma que as peles exóticas usadas em seus produtos são “devidamente regulamentadas e certificadas, cumprindo todas as formalidades legais que envolvem a questão”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email