Áreas recebem reforço no policiamento ostensivo

Reunião com órgãos de Segurança Pública do Amazonas na tarde desta quarta-feira (3) discutiu as ações que estão sendo adotadas nas áreas com maior incidência de homicídios em Manaus. Durante o encontro, coordenada pelo secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, foi discutido o reforço de policiamento ostensivo nos locais onde os crimes estão sendo registrados.
Conforme levantamento estatístico da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), 59% das pessoas vítimas de homicídios neste ano morreram no mesmo local onde residiam, no período da noite e madrugada. Outro dado apresentado aos órgãos é que 60% das vítimas de homicídios registrados na capital neste ano já possuíam antecedentes criminais, sendo 65% em crimes de tráfico de drogas, roubos e homicídios.
O levantamento aponta ainda que 67% das vítimas sem antecedentes tinham algum envolvimento no tráfico de drogas (dívidas, acertos de contas e tráfico em geral). As zonas norte e leste continuam concentrando a maioria dos crimes.
Os dados foram apresentados aos representantes que participaram da reunião: o subcomandante da Polícia Militar, Antônio Escóssio, o delegado-geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, o subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel Raimundo Rodrigues, o diretor-administrativo-financeiro do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Amaury do Vale, e o corregedor-geral em Exercício, Júlio Queiroz. Também participaram da reunião o secretário-executivo da SSP-AM, Carlos Alberto, e o secretários-executivos-adjuntos de Operações, Gestão Integrada e de Inteligência da SSP-AM, Pedro Florêncio, Dan Câmara e Tâmera Maciel, respectivamente.
De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, essa foi a primeira reunião quinzenal realizada com a presença de todos os órgãos do Sistema. “O objetivo é apresentar o cenário da segurança e traçar estratégias integradas. O momento agora é de unir os recursos de forma integrada”, disse. Fontes ressaltou que as reuniões agora serão periódicas e haverá ainda outros eventos envolvendo órgãos do governo federal.
Comissão para acompanhar ocorrências de crimes contra a vida – Sérgio Fontes informou que a SSP-AM criou a Comissão para o Acompanhamento de Crimes Violentos com o objetivo de acompanhar e fazer um diagnóstico das ocorrências dos crimes de homicídios e latrocínios no Estado.
Ele destaca que o acompanhamento integrado dos órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública é essencial para o combate a esses crimes. “A comissão vai ter representação de cada órgão para desenvolver o planejamento tático, estratégico e operacional no combate aos crimes contra a vida”, informou Sergio Fontes.
Ele afirma que os participantes vão gerenciar as ocorrências sobre os crimes para evitar que haja duplicidade de informações, garantindo que as delegacias recebam os dados adequados e precisos para as investigações criminais.
Sérgio Fontes destaca que com o acompanhamento da comissão, os dados coletados vão subsidiar a elaboração e avaliação dos planos de ação de interesse do Sistema de Segurança Pública. “Queremos garantir que os registros de crimes contra a vida diminuam e assim garantirmos a sensação de segurança a população”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email