Aprovada isenção da participação nos lucros de até R$ 6 mil do trabalhador

O Senado aprovou ontem medida provisória que isenta do Imposto de Renda valores de até R$ 6 mil recebidos por trabalhadores a título de participação nos lucros e resultados (PLR) de empresas. Com a aprovação, a medida segue para sanção da presidente Dilma Rousseff.
Segundo estimativa de congressistas, a isenção contempla cerca de 60% dos beneficiários. O índice, no entanto, não atende plenamente à reivindicação das centrais sindicais, que pediam isenção de R$ 10 mil. Mesmo pressionado por sindicalistas, o governo conseguiu apoio da base aliada para manter a isenção no patamar autorizado pela equipe econômica.
Na votação na Câmara, os deputados chegaram a discutir elevar a isenção para R$ 9 mil, mas a proposta foi rejeitada pelo plenário.
O Senado manteve o texto aprovado pelos deputados porque a MP perde a validade na segunda-feira (3) e teria que voltar para nova votação na Câmara se os senadores modificassem a matéria.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email