Apreensão de piratas cresce 150%

A Abes (Associação Brasileira das Empresas de Software), a BSA (Business Software Alliance) e a ESA (Entertainment Software Association) divulgam o resultado das ações de combate à pirataria realizadas durante 2007. Foram 718 ações em todo o Brasil, que resultaram na apreensão de mais de 2.253.546 milhões de CDs contendo programas piratas, um aumento de 150% se comparado ao ano anterior.

Também foram apreendidos 212 computadores, foram retirados do ar 243 sites que comercializavam ­softwares piratas, além de 25,7 mil anúncios destinados à divulgação do comércio de produtos ilegais.

Noticifações a companhias

Durante o ano passado, as entidades registraram mais de 20 mil contatos, com denúncias e solicitações de informações contra o comércio ou uso de programas piratas. Como conseqüência, a BSA enviou 2.820 notificações extrajudiciais às companhias infratoras.

Além das operações de busca e apreensão, a Abes se destacou com outras ações. Em março passado, a associação lançou um projeto para conscientizar as empresas sobre o risco do uso de softwares ilegais e promover legalização da base instalada de produtos de computador. Em julho, iniciou as atividades do Projeto Escola, com o objetivo de alertar educadores a respeito dos problemas da pirataria e desenvolver um planejamento de atividades de conscientização para pais e alunos.
 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email