Apple Car deve começar a ser produzido em 2024, aponta rumor

A Apple trabalha nos bastidores para dar continuidade ao Project Titan, mais popularmente conhecido como Apple Car. Mesmo sem confirmações oficiais, sabe-se que a Maçã vai entrar no mercado automotivo, seja por meio de softwares de condução autônoma, seja com seu próprio carro. Mas, como não é uma fabricante de automóveis, a empresa precisa de parceiros para a empreitada e grandes nomes começam a aparecer novamente, desta vez os da Toyota e da LG.

Segundo o Digitimes, a Apple tem como meta iniciar a fabricação em massa do Apple Car no ano de 2024 e, para isso, pode ter ajuda da Toyota, que forneceria todo o seu aparato fabril para a construção dos carros; e da LG, uma das mais importantes fornecedoras de baterias para carros elétricos do mundo. O conglomerado sul-coreano SK Group é outro possível parceiro que pode se unir ao projeto.

Depois de tentativas fracassadas de negociação com a Hyundai/Kia e sondagens frustradas com BMW, Honda, General Motors e Nissan, a Apple sabe que precisa correr para mostrar algo palpável ao mercado em breve. Ainda mais depois de ver concorrentes chineses como a Xiaomi e a Huawei oficializarem suas respectivas entradas no mundo dos automóveis, sejam eles elétricos ou autônomos.

O Apple Car, se confirmado, deverá ser um carro elétrico de passeio com sistema de condução autônoma nível 5, ou seja, o máximo de automação da direção do veículo e sem supervisão humana. Além de todo o aparato de segurança, ele deve contar com ótimo pacote de conectividade e total imersão no ecossistema da Apple.

Na contramão do rival Camaro, Mustang irá sobreviver 

Eletrificação irá salvar o Mustang da aposentadoria – Foto: Divulgação

A Ford já trabalha na nova geração do Mustang, seu principal carro esportivo e um dos modelos mais icônicos da indústria. Mas, ao mesmo tempo em que quer manter vivo um produto dos mais atrativos, a empresa precisa seguir sua linha de eletrificação e diminuição na emissão de poluentes. Por isso, a solução talvez seja a criação de uma versão híbrida do muscle car.

Segundo o pessoal do Automotive News, uma reunião entre executivos e revendedores da Ford sacramentou que a nova geração do Mustang será dividida em dois momentos: o primeiro, com os tradicionais V8 e V6 e, depois, com o lançamento da variante híbrida, montado na modalidade plug-in, que nasceriam em 2023 e 2025, respectivamente. Desse modo, o nome “Mustang” seria atendido com um SUV 100% elétrico, o esportivo purista a combustão e um híbrido plug-in.

Se confirmado o lançamento do Mustang híbrido, a Ford deve reinar absoluta nos esportivos chamados de muscle cars, um dos segmentos mais legais do mercado automotivo. Isso acontece porque a General Motors já confirmou que não fará mais o Camaro a partir de 2024, e a Dodge segue relutante em eletrificar o Challenger, outro icônico automóvel da terra do Tio Sam.

Peugeot lançará novo SUV compacto no Brasil 

Projeção revela como deve ser o novo Peugeot – Foto: Reprodução/Kleber Silva/Behance

A Peugeot tem planos interessantes para o mercado brasileiro e já prepara lançamentos promissores por aqui nos próximos anos. Segundo informações de bastidores, a montadora francesa, hoje parte do Grupo Stellantis (Fiat, Jeep, Peugeot, Citroën, entre outras), vai trazer ao Brasil um novo SUV compacto que terá design bem parecido com o recém-lançado 3008 e motorização desenvolvida pela Fiat.

O projeto, chamado internamente de P44, será pensado do zero e feito sobre a plataforma do novo Citroën C3, que chega ao Brasil em 2022. Essa base dará ao novo SUV da Peugeot maior modularidade e a chance de receber mais tecnologias de segurança, além de uma variante elétrica, já confirmada para ser lançada na Europa em 2025. Mesmo pensado para mercados emergentes, o utilitário receberá tratamento premium da marca em nosso mercado.

Com a chegada do que pode ser um Peugeot 1008, o Grupo Stellantis passará a ter uma estratégia ainda mais agressiva nesse segmento. Vale lembrar que a Fiat confirmou o lançamento do seu primeiro SUV fabricado no Brasil, o Pulse, e já prepara um outro modelo em estilo coupé para o ano que vem. Isso sem falar na Jeep, que domina o mercado de utilitários no Brasil com o Renegade e o Compass.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email