Após reestruturação, Kepler Weber fecha 2007 com lucro bruto de R$ 11,2 mi

Concluída a etapa de reestruturação, a Kepler Weber encerrou o ano de 2007 totalmente renovada e pronta para atender a demanda do mercado, suportando o crescimento da agricultura brasileira, o que está demonstrado no balanço anual da companhia. Apenas no último trimestre de 2007, a empresa obteve receita líquida de R$ 60,6 milhões, um avanço em comparação a todo o ano, que somou R$ 151,9 milhões.
O lucro bruto de 2007 foi de R$ 11,2 milhões, sendo que o último trimestre foi responsável por R$ 10,8 milhões, revertendo o resultado negativo de R$ 19,1 milhões registrado em 2006. Houve redução também no prejuízo líquido consolidado do exercício que passou de R$ 249,9 milhões em 2006 para R$ 9,4 milhões no ano passado.
O Ebitda, indicador usado como medida de geração de caixa, mostra o bom desempenho da empresa nos últimos três meses de 2007 que atingiu R$ 4,8 milhões, em comparação ao ­acumulado nos nove primeiros meses do ano que foi negativo em R$ 20,0 milhões.
Com a reestruturação ocorrida em 2007, a Kepler Weber voltou a ser competitiva com uma adequada política industrial e de vendas, resultando em melhorias nos processos produtivos, eficiência administrativa e financeira.
Em 2007, a empresa produziu 18,2 mil toneladas sendo 8,2 mil toneladas (45%) apenas no 4º trimestre.
Para 2008, considerando a retomada do agronegócio, espera-se maior faturamento e melhores resultados.
A Kepler Weber otimizou seus estoques, reduziu o número de itens fabricados e comprados, reduzindo assim os custos de logística. As medidas adotadas resultaram na melhoria do índice de satisfação do cliente, confiabilidade dos prazos de entrega e manutenção da qualidade dos produtos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email