Antônio Silva na diretoria até 2018

O presidente da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), Antonio Silva, foi reeleito por unanimidade pelos 27 presidentes de federações de indústrias dos Estados e do Distrito Federal ou delegados por eles indicados ao cargo de 2º vice-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria). O amazonense é o único representante da região Norte na diretoria da mais alta instituição industrial do país. A eleição aconteceu na manhã de ontem (13), na sede da CNI, em Brasília. Antônio Silva, que assumiu o cargo em 2011, toma posse no dia 29 de outubro para um mandato de quatro anos.
Antonio Carlos da Silva é bacharel em Administração de Empresas e iniciou sua carreira no comércio. Foi chefe de departamento e subgerente na Moageira de Trigo Amazonas S.A. Entrou como acionista, convidado por Antonio Simões, na criação da primeira fábrica de Coca-Cola da região e desde então sua carreira esteve ligada ao Grupo Simões. O empresário trabalhou, por cerca de dois anos, em emissoras de TV, como a RBN e a TV Manchete.
Foi diretor geral de veículos do Grupo Simões, que possui as concessionárias da Honda, Fiat, Ford e Chevrolet e também trabalhou nas unidades de gás carbônico.
Atuante desde 1995 nos Sindicatos das Indústrias de Bebidas e Sindicato das Indústrias Químicas, Silva foi vice-presidente da Fieam na gestão de José Nasser. Em 2007 foi eleito presidente da Fieam, cargo que exerce até hoje.
A frente da Fieam, Silva comanda discussões estratégicas para a indústria amazonense, além de consolidar avanços para o Sesi, Senai e IEL, como ampliação dos serviços oferecidos, reformas das instalações, entre outros.
Em recente entrevista ao Jornal do Commercio, Silva mostrou-se otimista em relação ao desempenho do Polo Industrial de Manaus em 2014, puxado especialmente pela euforia em torno da Copa do Mundo, mesmo diante das incertezas e ameaças que poderiam comprometer de maneira irreversível o modelo.
“Depois da Copa, a indústria deve naturalmente diminuir um pouco o ritmo, mas aí vêm as eleições e mais dinheiro deverá circular. Acreditamos que esta nuvem cinzenta deverá desaparecer”, disse o presidente da Fieam.

Diretoria
Além do amazonense, a chapa da diretoria eleita tem como presidente o empresário Robson Braga de Andrade; como primeiro vice-presidente, o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf; como diretor financeiro, o presidente da Fiep (Federação das Indústrias do Estado da Paraíba), Francisco Gadelha; e como diretor-secretário, o presidente da Fiepe (Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco), Jorge Côrte Real.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email