15 de abril de 2021

Âncoras regionais investem quase R$ 10 milhões em novo shopping

Impulsionadas pelo desempenho em vendas no comércio local em 2008, grandes lojas de departamento do mercado amazonense, conhecidas como âncoras regionais, aproveitaram a oportunidade de lançamento do novo centro de compras de Manaus, o Manauara Shopping

Impulsionadas pelo desempenho em vendas no comércio local em 2008, grandes lojas de departamento do mercado amazonense, conhecidas como âncoras regionais, aproveitaram a oportunidade de lançamento do novo centro de compras de Manaus, o Manauara Shopping, para “disputar” concorrido ­espaço entre as marcas de projeção nacional. Juntas, elas geraram mais de cem vagas no mercado de ­tra­balho e investiram quase R$ 10 milhões para o funcionamento das unidades recém-inauguradas.
Só a Bemol investiu cerca de R$ 6 milhões na inauguração da nova unidade do grupo, no Manauara Shopping –a 16ª loja da empresa (a 12ª na capital). “Nós acompanhamos o crescimento da cidade de Manaus há muito tempo e por isso não poderíamos ficar de fora desse empreendimento que hoje é o maior centro de compras do Amazonas”, disse o vice-presidente da empresa, Ilko Minev.
A criação da nova unidade, segundo Minev, é fruto do desempenho do grupo Bemol, Irmão & Cia Ltda. em vendas no ano passado, em comparação ao resultado de 2007. Ele não informou indicativo percentual de crescimento, mas ressaltou que o índice foi satisfatório. “Prova disso é que lançamos ao consumidor uma unidade de vendas com cerca de 3.000 metros quadrados, distribuídos em dois andares e 75 oportunidades diretas de emprego”, justificou.
De acordo com ele, a loja traz como diferencial um auditório construído especialmente para a realização de eventos. “Além das opções de produtos, preços, promoções e facilidades de pagamento, a estrutura da loja é outro chamariz para o consumidor local”, disse o vice-presidente.

Crescimento na receita

Experiência similar vive a empresa Dinâmica, que inaugurou a 4ª unidade do grupo na capital, celebrando o boom na venda de produtos da casa em 2008, cujo crescimento foi de 20% na receita, no quadro comparativo com o ano de 2007.
“O aumento na demanda pelos nossos itens cresceu ano passado, principalmente a procura por itens do setor de cama, mesa e banho”, disse o diretor-geral da Dinâmica, Natalino Masiero.
Ele preferiu não informar o valor de investimento na nova unidade. “Foi menos que a metade dos gastos da Bemol, porque só estamos em um andar no shopping [Manauara] e, com isso, não tivemos gastos com escada rolante, a exemplo deles”, argumentou.
Entretanto, Masiero afirmou que, com a loja de 1.700 metros quadrados, foram gerados 55 postos de trabalho. “Hoje é a nossa maior loja e contempla um mix variado de produtos de utilidade domésticas, móveis, cama, mesa e banho, bem como uma seção de presentes”, disse.
Conforme o empreendedor, além dos resultados da empresa, a área e infraestrutura da loja e a proposta do novo centro de compras de Manaus contribuíram para a injeção de investimentos realizada pelo grupo. “Queremos, com isso, oferecer mais qualidade ao consumidor”, ressaltou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email