6 de dezembro de 2021

Amazonas ultrapassa marca de 2 milhões de vacinas aplicadas contra Covid

Mais de 2 milhões de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas no Amazonas até a última quarta-feira (30). Desse total, 1.456.674 pessoas receberam a primeira dose de imunizantes. E 544.399 completaram o ciclo previsto para imunização, segundo orientações das autoridades sanitárias.

O balanço sobre a campanha de imunização é da FVS-AM (Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas). Os dados foram levantados com base nas informações das secretarias municipais de Manaus e das cidades do interior do Estado.

Segundo estimativas da FVS-Am, o total de vacinados pode ser superior ao divulgado na última semana. É que pelo menos 25 dos 62 municípios amazonenses deixaram de repassar os dados sobre a vacinação contra o novo coronavírus. São eles: Amaturá, Anamã, Anori, Apuí, Atalaia do Norte, Autazes, Barreirinha, Beruri, Canutama, Carauari, Careiro da Várzea, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Juruá, Maraã, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Pauini, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Tonantins, Uarini e Urucurituba.

O governo do Amazonas e a prefeitura de Manaus estimam que toda a população do Estado deve ser vacinada até o final do ano. Realizados ultimamente, os mutirões de vacinas fazem parte dessa estratégia para aumentar a cobertura vacinal, tanto em Manaus quanto no interior do Estado.

“A maior arma contra a Covid-19 é vacinação. Só assim, poderemos debelar uma doença que fez milhares de vítimas no Estado. A população deve ter mais consciência sobre a importância de tomar a vacina contra o coronavírus”, ressaltou o governador do Estado, Wilson Lima (PSC).

Nos últimos dias, foram vacinadas pessoas com até 28 anos. Nesta sexta-feira (02), poderão se vacinar grupos com faixa etária de 26 a 27 anos. Como anteriormente, alguns postos vão funcionar durante 24 horas para possibilitar que um maior número de pessoas sejam imunizadas contra a Covid-19.

Em alguns casos, os mutirões de vacinação são realizados simultaneamente na capital e em municípios polos montados estrategicamente em cidades ribeirinhas.

Celeridade

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), disse que a meta é dar mais celeridade ainda à campanha de vacinação contra a Covid-19.

“Faço um convite para que todas as pessoas que estão nessa faixa etária procurem os nossos pontos de vacinação e recebam a sua imunização. Lembrando que Manaus é a segunda cidade do Brasil que está vacinando a menor faixa etária”, disse o prefeito da capital. “Nós avançamos muito nas últimas três semanas. Estamos trabalhando para que a cada semana possamos diminuir a faixa etária de vacinação, até chegarmos a toda a população vacinável, acima de 18 anos, imunizada”, acrescentou ele.

Na última quarta-feira, o governo do Amazonas recebeu mais um lote de vacinas contra a Covid-19, enviadas ao Estado pelo MS (Ministério da Saúde). A remessa faz parte do PIN (Programa Nacional de Imunização (PNI).

O novo lote conta com 19.890 doses do imunizante Comirnaty, fabricado pela Pfizer/BioNtech, destinada para atender a população na capital, com público-alvo a ser definido nos próximos dias, informou o governo do Estado.

O diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, disse que o público-alvo para receber a vacina será definido conforme as diretrizes do Ministério da Saúde e ainda de acordo com as etapas de vacinação concluídas no Amazonas.

“A cobertura vacinal está aumentando em Manaus e nos municípios do interior do Estado. É a melhor solução para o controle da Covid-19, uma meta que esperamos atingir provavelmente em breve”, prevê Cristiano Fernandes.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email